Parque da Jaqueira Dia das Crianças comemorado com mensagem em defesa ao meio ambiente As crianças se divertiram com a apresentação de show e várias atividades em defesa da natureza realizadas no Econúcleo Jaqueira

Por: Rosália Rangel - Diario de Pernambuco

Publicado em: 12/10/2018 12:59 Atualizado em: 12/10/2018 14:23

Imagem: Peu Ricardo/DP
Imagem: Peu Ricardo/DP

Uma programação especial focada no Dia das Crianças foi organizada pelo Econúcleo Jaqueira neste domingo (12). A programação começou pela manhã com atividades lúdicas e tecnológicas e questões em defesa da natureza. A movimentação no espaço chamou a atenção dos pequenos que todos os anos buscam o Parque da Jaqueira para comemorar o dia dedicado a eles. “Hoje organizamos um a programação com convidados voltada para as crianças com histórias cantaroladas e oficinas de culinária sustentáve”, contou Danielson Holanda, arte educador da Prefeitura do Recife. 

Na aula de culinária sustentável, administrada por Angélica Nobre, as crianças aprenderam a fazer alimentos com resídios que geralmente são jogadas fora, a exemplo da casca de banana, além de prepararem biscoitos com banana, cacau e aveia.  Pela manhã, as atividades no Econúcleo foram encerradas com um pocket show do grupo Mangue e Tal, da Secretaria de Desenvolvimento Sustentável da PCR, que levaram para as crianças mensagens cantaroladas de como cuidar das plantas, dos animais e o cuidado para evitar o desperdício de água.

Os personagens interagiram com as crianças que acompanharam tudo com muita atenção. “Aprendi muito sobre reciclagem e os animais. Foi muito divertido”, comentou a estudante Maria Shirlene, de 9 anos. Para Williane Silva Carvalho, 10 anos, as atividades foram divertidas e o aprendizado ela disse que irá dividir com as amigas. “Gosto muito de animais. Tenho uma gata chamada Lua e duas cachorrinhas Bela e Mel”, contou.

Agora à tarde, a programação continua com Oficina de Origami, coordenada pelo educador Paulo Cipriano, a partir das 14h. Às 15h, haverá uma oficina de Brinquedos Populares com Zenaide Ramos, professora da Escolinha de Arte do Recife e, às 16h, o educador Felipe Júnior fará uma contação de história em cordel. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.