cprh Embargo de obra em Aldeia Obra irregular foi iniciada pela Prefeitura de Camaragibe na Área de Proteção Ambiental Aldeia-Beberibe, no Parque Municipal Aldeia dos Camarás

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 11/10/2018 08:27 Atualizado em:

Trecho da APA Aldeia-Beberibe. Por ser uma área de uso sustentável, é possível construir edificações em seu interior. Foto: Débora Crispim/Divulgação
Trecho da APA Aldeia-Beberibe. Por ser uma área de uso sustentável, é possível construir edificações em seu interior. Foto: Débora Crispim/Divulgação
A Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) embargou, ontem, uma obra irregular iniciada pela Prefeitura de Camaragibe na Área de Proteção Ambiental Aldeia-Beberibe, no Parque Municipal Aldeia dos Camarás, onde, em aproximadamente 600 metros quadrados, espécies nativas da Mata Atlântica foram desmatadas com a utilização de um trator. Além do embargo, foram emitidos três autos de infração, sendo dois contra a Prefeitura, totalizando multas de R$ 14.081,26. E outro contra o próprio prefeito Demóstenes Meira, de R$ 10 mil, por criar obstáculos à fiscalização.

A equipe da fiscalização florestal da CPRH constatou o desmate e o descumprimento da legislação ambiental (iniciar obra sem licenciamento), com agravantes por se tratar de região compreendida dentro da APA Aldeia-Beberibe, abrigando a nascente do Rio Pacas, um afluente do Rio Beberibe. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.