Investigação Polícia Civil faz operação para prender suspeitos de crimes licitatórios em Ipojuca Os suspeitos teriam fraudado licitações na área de alimentos junto a prefeitura do município

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 11/10/2018 08:27 Atualizado em: 11/10/2018 12:35

A Polícia Civil de Pernambuco realiza nesta quinta-feira (11) uma operação para prender suspeitos de crimes licitatórios e associação criminosa. Batizada de Castelo de Farinha, a ação faz parte do Pacto pela Vida, que cumpre três mandados de prisão e sete de busca e apreensão domiciliar na cidade de Ipoujca, na Região Metropolitana do Recife. As ordens foram expedidas pelo Tribunal de Justiça do Estado. 

As investigações tiveram início em julho deste ano. Esta é a 53ª Operação de Repressão Qualificada do ano e está sendo coordenada pela Diretoria Integrada Especializada  (Diresp), sob a presidência da Delegada Patrícia Domingos. Foi investigado uma tentativa de fraude a uma licitação para aquisição de alimentos para merenda escolar junto a prefeitura de Ipojuca.
 
Os envolvidos são empresários e funcionários da empresa de alimentos que pleteava a licitação. Dos três mandados de prisão, apenas um foi cumprido. Segundo a Polícia, os suspeitos teriam viajado para o exterior, temendo a prisão. 

"Estamos investigando ainda o vínculo dessas pessoas com outras licitações suspeitas", disse o delegado José Cláudio Nogueira, diretor do Diresp.

A ação conta com a participação de integrantes do departamento de inteligência da corporação e do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE). Um total de 60 policiais entre delegados, agentes e escrivães estão trabalhando na operação. 
 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.