Sertão Seis homens morrem em tentativa de assalto a avião que transportava valores em Salgueiro O piloto da aeronave também se feriu. Polícia faz buscas na região para prender restante da quadrilha

Publicado em: 26/09/2018 12:30 Atualizado em: 27/09/2018 07:51

Imagem: Whatsapp/Cortesia
Imagem: Whatsapp/Cortesia

Seis pessoas foram mortas durante uma tentativa de assalto ao avião de uma empresa de transporte de valores em Salgueiro, no Sertão, na manhã desta quarta-feira (26). A ação criminosa teria sido evitada por policiais federais e militares que trocaram tiros com os suspeitos, quando tentavam abordar a aeronave que taxiava na pista. O piloto do avião se feriu no tiroteio. Não se sabe ainda se algum policial também foi atingido. Até agora, outros quatro integrantes da quadrilha já foi preso.

O grupo estava com armamento de grosso calibre e abordou a aeronave durante a aterrissagem. Eles renderam os vigilantes dos carros-fortes que transportaria o dinheiro. Eles dispararam contra o avião, ferindo o piloto e o obrigando a parar. Os assaltantes andavam em uma caminhote modelo Hilux SW4 da Toyota, também atingida por vários disparos. Outro veículo com assaltantes conseguiu fugir do local. Entre os mortos estaria o ex-sargento da Polícia Militar da Bahia, Galdioso Moura da Silva, 47 anos. Ele havia sido preso em 2016 por participação na explosão do cofre do Banco do Brasil de Jacobina, na Bahia.

A quadrilha estava sendo investigada há três anos. Segundo informações da Polícia, o grupo era acusado de praticar crimes na cidade de Bom Jesus da Lapa, na Bahia, onde dois policias militares foram executados e também de assaltar a agencia do Banco do Brasil na cidade de Jacobina, de roubar o carro forte atrás do Hospital Geral de Urgência em Petrolina, Pernambuco e ainda assaltar quatro carros fortes entre Remanso e Juazeiro (BA).

A operação desta quarta-feira foi coordenada por policiais federais de Juzeiro (BA) e contou ainda com policiais Federais COT e GPi , policiais militares da CIPE Caatinga PMBA, 8° BPM de Salgueiro, 2° BIESP PMPE e CIOSAC. Os policiais apreenderam seis fuzis AK 47, além de uma metralhadora Ponto 50. Buscas continuam sendo realizadas em toda região inclusive na Caatinga. Segundo nota divulgada pela PF de Juazeiro, o piloto baleado foi socorrido e tem situação estável.

Em nota, a empresa Prosegur, responsável pelo transporte de valores e aeronave, confirmou a tentativa frustrada de assalto ocorrida a uma operação intermodal no Aeroporto de Salgueiro, em Pernambuco. A empresa ainda informou que seus colaboradores estão bem e reforça que está à disposição das autoridades colaborando para o andamento das investigações. Nenhum valor foi roubado pela quadrilha.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.