Nesta quarta Começa feira de intercâmbio no Shopping RioMar Um total de 50 instituições participam do evento, das 16h às 22h

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 19/09/2018 10:32 Atualizado em: 19/09/2018 11:01

Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação

Duas maiores feiras de intercâmbio do mundo chegam ao Recife nesta semana, no Shopping RioMar, no Pina. A EduExpo, que envolve escolas e universidades de todos os continentes, oferece todos os tipos de cursos, incluindo estágios remunerados. A outra é a EduCanadá, a feira do governo oficial do Canadá, país mais escolhido entre os brasileiros há mais de 10 anos.  Durante o evento, serão realizadas palestras sobre intercâmbio com dicas para os estudantes, que terão a oportunidade de estar frente a frente com diretores de ensino em cursos de idioma, ensino médio, mestrado, doutorado, MBA, curso técnicos, estágios e bolsas. As duas feiras serão abertas nesta quarta-feira (19), a partir das 16h. Cerca de 50 instituições participam do evento. As inscrições para as palestras gratuitas podem ser feitas pelo endereço: http://www.eduexpos.com/oficial  e http://www.feiraeducanada.com/oficial. 

A aventura de sair pelo mundo, aprender idiomas, trabalhar e se qualificar profissionalmente está contagiando um número cada vez maior de brasileiros. No ano passado, o setor de intercâmbio movimentou US$ 2,7 bilhões - um aumento de 23% sobre o ano anterior - e alcançou a marca inédita de 302 mil estudantes no exterior, segundo pesquisa da Brazilian Educational & Language Travel Association - Belta. 

Acompanhando esse crescimento, o Recife recebe em um único local, cerca de 50 dirigentes das mais renomadas instituições de ensino da Europa, Estados Unidos, Canadá e Austrália, que vão apresentar seus programas de estudos e explicar tudo sobre intercâmbio. Nos estandes, os visitantes poderão colher informações sobre cursos de idiomas, high shool, graduação, pós, mestrado, doutorado, MBA, estágios remunerados, cursos técnicos e de férias, bem como ofertas e descontos para os diversos tipos de programas. 

No Brasil, a feira disponibiliza o aplicativo “inteligente” EDUEXPO, que permite aos estudantes se conectarem com as instituições, antes, durante e após o evento. “Quem pretende estudar, trabalhar ou aprender um novo idioma no exterior não precisa mais realizar cansativas pesquisas sobre cursos, culturas, vistos, documentação, instituições, passagens, preços e agências. Todas estas informações serão apresentadas na EduExpo e na EduCanadá”, explica Daniela Ronchetti, diretora para Operações no Brasil.   

PALESTRAS GRATUITAS - Durante todo evento, os visitantes também poderão participar de curtos seminários sobre como funciona o intercâmbio nos diferentes países, com informações detalhadas sobre os cursos, bolsas, destinos, oportunidades de trabalho, acomodações, vistos e documentação (olhar programação).  

EDUEXPO ACONTECE EM 40 CIDADES DO MUNDO - Com edições em mais de 40 cidades no mundo, nos cinco continentes, a EduExpo atrai cerca de 200 mil inscritos anualmente e está em franco crescimento. No Brasil, em mais uma rodada, estará sendo realizada em sete capitais e no condomínio de Alphaville, Em São Paulo. “Todo semestre garantimos presença em mais cidades. Sondagem do Datafolha, em junho deste ano, revelou que 62% dos brasileiros entre 16 e 24 anos desejam sair do País”, diz Daniela Ronchetti, diretora das duas feiras, com mais de 20 anos de experiência na área de intercâmbio.

Feira Oficial do Governo do Canadá – a EduCanadá. E por que o Canadá? O câmbio favorável, a facilidade na obtenção do visto, o alto nível de ensino e a qualidade de vida explicam por que o País há mais de 12 anos se mantem na liderança entre os países mais procurados para intercâmbio.

A qualidade de vida do Canadá é reconhecida mundialmente como uma das melhores do mundo, inclusive pelas Nações Unidas, e os estudantes estrangeiros são bem recebidos em comunidades seguras, saudáveis e multiculturais.  O Brasil, de acordo com o Ministério da Imigração, Refugiados e Cidadania do Canadá, é o sétimo colocado entre os países que mais envia estudantes ao Canadá para estudar em cursos/programas com mais de seis meses de duração – em 2017 foram aproximadamente 30 mil. 

Os brasileiros que vão para o Canadá são particularmente  favorecidos por um dos melhores custos-benefícios entre os países que promovem intercâmbio: comparativamente às moedas estrangeiras em relação ao Real, o dólar canadense chega a ser até 50% mais competitivo. Além disso, com uma economia forte e estável, há oportunidade de trabalho para estrangeiros em várias áreas.

BELEZAS NATURAIS
 - Engana-se quem imagina que o Canadá é um país apenas de paisagens árticas. As belezas naturais canadenses são de tirar o fôlego. São muitos os rios, árvores e parque que contrastam com a arquitetura moderna das grandes cidades. As cidades de Ottawa, Toronto, Vancouver, Montreal, Calgary, Winnipeg, Quebec e Edmonton possuem inúmeros museus, lagos e parques que o estudante não poderá deixar de visitar. Para os amantes de esportes, vale visitar as montanhas gêmeas Whistler-Blackmomb, casa da maior estação de esqui do mundo.

CUSTO 50% MENOR - O ensino no Canadá está entre os melhores do mundo. Segundo a consultoria britânica Economist Inteligence Unit, o Canadá está entre os 10 países que apresentam ensino de alta qualidade, e melhor, com taxas de matrícula relativamente baixas para estrangeiros em comparação com outros países desenvolvidos. Ou seja, o aluno pode prosseguir seus estudos em uma das melhores universidades do País, por quase metade do que custaria para participar de um programa e instituição semelhantes nos EUA, por exemplo. Com duas línguas oficiais, o inglês e o francês, os cursos de idiomas do Canadá estão entre os mais procurados por estudantes do mundo inteiro.

INSTITUIÇÕES PRESENTES NA FEIRA 
- Boa parte das melhores instituições do País estarão presentes na EduCanada como o Algonquin College, de Ottawa; o Niagara College Canada, de Welland; o St Clair College, de Windsor; o Loyalist College, de Belleville; o Saint Lawrence College, de Brockville, Cornwall e Kingston; o Sheridan College, de Oakville; e o Seneca College, de North York. Há também representantes de instituições de Montreal, como a McGill University, a Université du Québec à Montréal – École de langues e a Polytechnique Montréal. Da província francesa de Quebec estão presentes na feira os Cégeps du Québec, e o Cégep Limoilou.

Os cinco principais países de origem para programas de idiomas canadenses em 2017 foram:  Brasil (23.533), Japão (20.589), China (16.197), Coréia do Sul (15.040) e México (12.780).
http://monitor.icef.com/2018/08/canadian-language-programmes-hit-double-digit-growth/
http://monitor.icef.com/wp-content/uploads/2018/08/Canada-topfive2.jpg

Top five sending markets for Canadian language programmes, 2016 and 2017. Source: Languages Canada

PALESTRAS GRATUITAS NA EDUEXPO

17h50/1820min - BCIT - British Columbia Institute of Technology. Com cursos nas áreas de negócios, tecnologia, ciências naturais e aplicadas, engenharia e saúde, a BCIT é das mais importantes instituições de ensino superior do Canadá e a que tem um dos maiores índices de empregabilidade da província britânica. 

19h30min / 19h – Dicas para ter Sucesso no Canadá, pela Embaixada do Canadá no Brasil

19h10min / 19h40min – Harvard, Oxford ou Stanford? Segredos de Admissão para Graduação, por Crimson Education
20h30min / 21h – Visto Canadense, pela Embaixada do Canadá no Brasil

SERVIÇO:
Feiras de Intercâmbio EduExpo e EduCanadá
Local: RioMar Shopping (Av. República do Líbano, 251 – 3º piso, próximo à praça de alimentação)

Data: 19 de setembro
Horário: 16h às 21h

Ingresso: Entrada Franca
Inscrições: http://www.eduexpos.com/oficial  e http://www.feiraeduca


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.