Estradas PRF realiza Operação Semana Nacional do Trânsito em Pernambuco Ações educativas e de fiscalização serão reforçadas; policiais de quatro estados participarão das atividades

Publicado em: 19/09/2018 10:09 Atualizado em: 19/09/2018 10:12

A ação ocorre até o dia 25 deste mês. Imagem: PRF/Divulgação
A ação ocorre até o dia 25 deste mês. Imagem: PRF/Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia, nesta quarta-feira (19), a Operação Semana Nacional do Trânsito 2018, nas rodovias federais de Pernambuco. O principal objetivo da ação, que segue até o dia 25 de setembro, é conscientizar motoristas e passageiros sobre o papel de cada um na promoção da segurança viária e na redução da violência no trânsito. A operação contará com o apoio de policiais da Bahia, Ceará, Rio Grande do Norte e Rio de Janeiro.

Entre as atividades previstas para esse período, estão o reforço na fiscalização de infrações graves, como a embriaguez ao volante, o excesso de velocidade, a falta do cinto de segurança e o uso irregular de motocicletas, além de ações integradas de educação para o trânsito. As blitzes educativas ocorrem em conjunto com o Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE), Operação Lei Seca (OLS), Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco (CBMPE), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), Universidade de Pernambuco (UPE) e outros órgãos de trânsito. 

Acidentes e Autuações - 
De janeiro a junho de 2017, foram registrados 1.779 acidentes nas rodovias federais de Pernambuco, que deixaram 1.548 feridos e 169 mortes. No mesmo período deste ano, foram registrados 1.387 acidentes, com 1.298 feridos e 150 mortes. Isso representa uma redução de 22% na quantidade de acidentes, 16% no total de feridos e 11% no número de mortes.

Entre os principais tipos de acidente no primeiro semestre de 2018, destacam-se as colisões traseiras(275), saídas de pista(183) e colisões laterais(173). Já entre as principais causas de acidente, estão a falta de atenção do condutor, com 522 acidentes e 35 mortes, a desobediência às normas de  trânsito, com 140 acidentes e 22 mortes, a ingestão de álcool pelo motorista, com 110 acidentes e 11 mortes, e a velocidade incompatível, com 86 acidentes e 15 mortes.

Nesse período, foram emitidas 54.421 autuações por diversas irregularidades, como ultrapassagens indevidas (3.070), não uso do cinto de segurança (2.666), embriaguez ao volante  (886), falta da cadeirinha (268) e do capacete (424). Além disso, foram registradas 19.660  imagens de radar por excesso de velocidade. Já as ações de educação para o trânsito alcançaram 16.262 pessoas, através de palestras e abordagens educativas.
Histórico

O Dia Nacional do Trânsito, celebrado em 25 de setembro, foi instituído a partir da promulgação do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), em 1997. Todos os anos um tema específico é debatido ao longo da Semana do Trânsito e os temas abordados são escolhidos pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran). 
Para o ano de 2018, por meio da Resolução nº 722/18 do Contran, foi estabelecido o tema "Nós somos o trânsito", que deve ser utilizado em todas as campanhas educativas pelos órgãos do Sistema Nacional de Trânsito. A referida Resolução traz ainda o calendário de campanhas nacionais, que define o período de 18 a 25 de setembro como o da Semana Nacional de Trânsito. 

Assim, serão promovidas, nesse período, ações de fiscalização e de educação para o trânsito, que visam aumentar a consciência dos usuários da via, bem como promover a importância de um trânsito civilizado na sociedade.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.