INSEGURANÇA Casal sofre atentado após pedir Uber Um veículo chegou ao local com homens armados, o rapaz morreu após ser baleado e a mulher foi alvejada num dos braços.

Publicado em: 16/09/2018 15:51 Atualizado em: 17/09/2018 19:31

A Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) investiga um caso em que um homem foi morto e uma mulher acabou baleada num dos braços após o casal ter solicitado a um amigo que pedisse um carro vinculado à empresa Uber. O incidente ocorreu em Pirapama, no município do Cabo de Santo Agostinho, Região Metropolitana do Recife, na noite da sexta-feira, quando Ítalo Luciano Machado da Silva, 19 anos, morreu no local após ser baleado, e Maria Eduarda Alves de Oliveira, 19, foi alvejada.

O caso ocorreu na noite da sexta-feira, mas os poucos detalhes só foram divulgados neste domingo. Segundo informações preliminares confirmadas pela PCPE, o casal solicitou a um amigo que requisitasse um motorista pelo aplicativo Uber. Um veículo vermelho de placas não informadas chegou com seis homens não identificados e começou o tiroteio. Informações não oficiais indicavam que o carro seria de cor prata e que antes dos tiros o casal se recusou a entrar no veículo.

Alvejada no braço direito e na parte posterior da cabeça, Maria Eduarda Alves de Oliveira foi socorrida para o hospital Dom Helder. Segundo a PCPE o caso será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.