violência Polícia prende suspeito de fazer idoso refém em roubo de carro em Moreno O idoso foi sequestrado para ser feito de escudo-humano pelos assaltantes, caso os policiais aparecessem ou houve troca de tiros.

Por: Bettina Novaes Ferraz

Publicado em: 14/09/2018 17:58 Atualizado em: 14/09/2018 20:33

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Polícia Civil prendeu, na madrugada desta sexta-feira (14), um dos suspeitos de roubar um carro e fazer um idoso refém, na útlima terça-feira (11), em Moreno, Região Metropolitana do Recife. Nas imagens registradas pelas câmeras de segurança da casa do proprietário do veículo, é possível ver o momento em que os assaltantes chegam com arma em punho e abordam o homem de 70 anos que estava na rua. Ele é vizinho do dono do Toyta Corolla que foi levado pelos criminosos.  

As iamgens ainda mostram os dois assaltantes levando o idoso para dentro da casa de seu vizinho. Em seguida, é possível ver os quatro homens saindo da casa, ao que o senhor de idade é feito refém, sendo carregado para dentro do carro, que é levado embora pelos suspeitos.

De acordo com a polícia, o suspeito foi preso na casa da irmã, no bairro de Coqueiral, no Recife. Manoel Messias Lopes de Souza, tem 28 anos e aparece de camisa preta nas filmagens. Ele é traficante de drogas e já havia sido preso e condenado por roubo. Com ele, foram encontradas uma porção de maconha na forma bruta, 27 bigs de macona prontos para venda, 12 pedras de crack, uma balança de precisão, além de material para embalo da droga. 

Segundo o delegado Igor Leite, responsável pela investigação, o carro roubado foi uma escolha aleatória dos assaltantes e, provavelmente, seria usado para desmanche. O idoso, ainda de acordo com a Polícia Civil, foi sequestrado para ser feito de escudo-humano pelos assaltantes, caso os policiais aparecessem ou houve troca de tiros. Ele foi ameaçado várias vezes e está traumatizado, sem condições de prestar depoimentos para as investigações. 

A polícia afirma que vai continuar as investigações para prender o outro suspeito e, assim, desmontar a quadrilha da qual ambos fazem parte, provavelmtene especializada em assaltos e desmonte de carros. Manoel Messias vai seguir para audiência de custódia por roubo e tráfico.

Veja as imagens:
 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.