violência Secretário de saúde é morto a tiros e suspeito comete suicídio após o crime, no Agreste Suspeito era servidor da secretária de saúde e teria decidido cometer o crime, supostamente após saber que seria demitido

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 12/09/2018 16:30 Atualizado em: 12/09/2018 16:58

Foto: TV Replay/Divulgação
Foto: TV Replay/Divulgação
A manhã desta quarta-feira (12) terminou de forma trágica no município de Cachoeirinha, Agreste do estado. O secretário de saúde do município, Silvio Romero Ramos foi assassinado por um motorista de ambulância, que acabou cometendo suicídio após o crime. Segundo informações da Polícia Civil, testemunhas afirmaram que o suspeito, conhecido como João Paulo Araújo, vinha enfrentando problemas no trabalho e soube que seria demitido quando resolveu entrar no prédio da Secretaria de Saúde, armado com uma pistola 380. 

João Paulo Araújo, ainda segundo depoimentos das testemunhas, teria chegado ao local do crime pedindo para falar com o secretário numa sala, em particular. Em seguida, o motorista teria entrado numa corporal com Silvio Romero, após ele perceber as más intenções do funcionário da secretaria. Ainda assim, o suspeito conseguiu desferir dois tiros contra a vítima. A Polícia também conta que o motorista, assim que cometeu o crime, correu em direção à rua, entrou numa van escolar e insistiu para ser levado até a cidade de Caruaru. No meio do caminho, a polícia teria encontrado o suspeito, que quando percebeu que vinha sendo perseguido, parou o veículo, pediu para as crianças descerem e atirou contra si mesmo. O servidor não resistiu aos ferimentos e morreu no local.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.