Vida Urbana

Polícia Civil faz duas operações para prender acusados de homicídios e tráfico

Estão sendo cumpridos 26 mandados de prisão e 23 de busca e apreensão

Presos da Operação Rota das Russas sendo levados para o Depatri. Imagem; Divulgação PCPE

Com o obejtivo de prender integrantes de quadrilha especializada em homicídios, tráfico de drogas e associação para o tráfico, a Polícia Civil de Pernambuco realiza, nesta terça-feira (28), duas operações no estado. Ao todo, foram emitidos 26 mandados de prisão e outros 23 de busca e apreensão. 

Uma das ações batizada de Califados investiga uma organização criminosa desde novembro do ano passado. Estão sendo cumpridos 15 mandados de prisão e seis de busca e apreensão domiciliar, expedidos pela Vara Criminal da Comarca do Recife. Cerca de 80 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães, participam dos trabalhos. 

A operação é coordenada pela Diretoria Integrada Metropolitana (DIM), supervisionada pela delegada Beatriz Fakih, delegada seccuional de Boa Viagem. As investigações foram assessoradas pela Diretoria de Inteligência da Polícia Civil. 

Já a outra operação, Rota das Russas, que tem como obetivo prender integrantes de uma organização também envolvidos com homicídios e tráfico, cumpre 11 mandados de prisão e 17 de busca e apreensão, expedidos pela comarca criminal de Vitória de Santo Antão. A ação é coordenada pela Diretoria Integrada Especializada (Diresp), sob responsabilidade do delegado Álvaro Grako.

 Os presos desta operação estão sendo conduzidos para o Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri), no bairro de Afogados, no Recife. Já os da operação Califados, estão sendo levados para a sede do Grupo de Operações Especiais (GOE), no bairro do Cordeiro, também no Recife. 

Leia a notícia no Diario de Pernambuco
Loading ...