Porto da Madeira Sessenta e três famílias ganham casa nova nesta sexta-feira Projeto do Residencial Enoch Coutinho teve um investimento total de R$ 5,4 milhões através do Programa de Aceleração do Crescimento Beberibe

Por: Mariana Fabrício - Diario de Pernambuco

Publicado em: 24/08/2018 14:03 Atualizado em:

Há mais de 20 anos morando às margens do rio Capibaribe, no bairro do Porto da Madeira, na Zona Norte do Recife, a dona de casa Maria Lenira da Silva, de 61 anos, recebeu as chaves de um dos apartamentos do Conjunto Residencial Engenheiro Enoch Coutinho, localizado no mesmo bairro. Durante o inverno ela chegou a perder móveis e por pouco sua mãe de 85 anos não foi levada por uma enxurrada. A mudança para o novo endereço representa esperança para Lenira e outras 63 famílias que receberam as unidades na manhã desta sexta-feira (24).

"Eu e minha família vivíamos dependendo de auxílio moradia e agora vamos nos mudar para um lugar que é nosso. Isso representa o sonho da casa própria, de estar em lugar seguro e bom de morar. Quando chovia, era um pesadelo para mim e agora não vou mais ver os meus móveis na lama", comemorou a dona de casa que foi uma das primeiras a receber as chaves e a partir de hoje vai ocupar o conjunto habitacional ao lado da mãe, do sobrinho e de uma prima.

Este projeto do Residencial Enoch Coutinho teve um investimento total de R$ 5,4 milhões através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Beberibe. Esta foi a segunda etapa da entrega. A primeira aconteceu em abril, quando 32 famílias receberam as chaves. Cada apartamento tem uma área de 40,71 m², sendo dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço.

"Essa entrega faz parte de uma obra estruturadora que envolve todo o entorno do rio Capibaribe, onde a gente está fazendo saneamento, pavimentação, drenagem, a recuperação das margens do canal. Ao mesmo tempo, estamos dado dignidade, respeito e cidadania a essas famílias que moravam na margem do rio conviendo com enchentes e esperaram durante anos por esse dia", comentou prefeito do Recife, Geraldo Julio.

Desde 2013, mais de 10 mil pessoas já se mudaram para 1.976 unidades habitacionais entregues pela prefeitura. Até dezembro, serão entregues mais 2 mil chaves à população que vivem em situação de vulnerabilidade social. “Nós temos um padrão de acabamento diferente, que deixa a casa pronta para a pessoa morar. Ao todo já entregamos mais de 1.300 habitacionais pela Secretaria de Saneamento, beneficiando muitos recifenses nesta etapa do PAC”, explicou o secretário de habitação, André Correia.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.