Crime Quatro homens são presos suspeitos de assaltar agência dos Correiros em Nazaré da Mata A Polícia Federal autuou em flagrante, mas um quinto envolvido com a tentativa de assalto conseguiu fugir

Publicado em: 21/08/2018 10:33 Atualizado em: 21/08/2018 10:42

O cofre chegou a ser arrombado, mas os ladrões não conseguiram levar o dinheiro. Foto: PF/divulgação
O cofre chegou a ser arrombado, mas os ladrões não conseguiram levar o dinheiro. Foto: PF/divulgação
Quatro homens foram presos após arrombar a agência dos Correios da cidade de Nazaré da Mata, na Mata Norte do estado. Um quinto suspeito conseguiu fugir. O crime ocorreu na madrugada da última segunda-feira (20). Os assaltantes entraram quebrando as barras de ferro de proteção das janelas. Os bandidos conseguiram arrombar o cofre, mas não levaram o dinheiro que estava dentro. O alarme da agência soou e a Polícia Militar foi acionada. 

Foram presos o pedreiro Jedivan Barbosa dos Santos, 32 anos, o ajudante de pedreiro Igor Sinézio da Silva Santos, 19, o mecânico Marlos Richer de Miranda Costa, 26, e o ajudante de pedreiro Renato Barbosa Fernandes, 20. Segundo a PF, Jedivan, Marlon e Renato já possuiam antecedentes criminais por porte ilegal de armas de uso restrito das Forças Armadas em novembro de 2015, por portar um revólver calibre 38, por envolvimento em um assalto a uma farmácia no Cabo de Santo Agostinho, respectivamente. Inclusive, Renato chegou a ser preso. 

As prisões aconteceram quando policiais militares que estavam fazendo rondas de rotina e são lotados no 2º Batalhão da Polícia Militar, em Nazaré da Mata. Quando os militares chegaram ao local, ainda encontraram os ladrões dentro da agência. Foi dada ordem para que eles se rendessem, mas eles fugiram pelos fundos do prédio invadindo residências vizinhas. Ao amanhecer, os quatro foram localizados e presos. Mas o quinto envolvido fugiu em um Fiat Toro.

Com os bandidos presos foram encontrados os equipamentos de circuito de câmeras, colete da empresa de vigilância privada e a quantia de R$ 8.550,00, além de quatro aparelhos celulares. Os bandidos conseguiram entrar na agência quebrando as barras de ferro de proteção das janelas e se dirigiram até o cofre fazendo uma perfuração em formato quadrangular com serra elétrica de disco na porta frontal, mas com a chegada da polícia não conseguiram levar todo o dinheiro que havia no interior. 

Os presos foram levados para a sede da PF, no Cais do Apolo. Eles foram autuados em flagrante pelos crimes contidos nos artigos Art. 155, parágrafo quarto, II c/c art. 288 do Código Penal, crime de furto qualificado e associação criminosa. Se condenados, podem pegar penas que variam de dois a 12 anos de reclusão. Nesta manhã de terça (21), os presos serão levados para a audiência de custódia e caso seja confirmada as suas prisões preventivas, serão conduzidos para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), onde ficarão a disposição da Justiça Federal.

ESTATÍSTICAS:
 
EM 2017 REGISTRAMOS OS SEGUINTES RESULTADOS ENVOLVENDO OS CORREIOS:
 
- 30 episódios ocorridos;
- 8 arrombamentos - Não levaram dinheiro, apenas danificaram a agência;
- 9 assaltos - Levaram o dinheiro dos guichês de atendimento em 3 agências;
- 10 assaltos a carros de entrega dos Correios – Em 7 casos levaram partes das mercadorias;
- 3 explosão de cofres – Levaram o dinheiro em todos os casos;

 
PRISÕES GERAIS NO ANO DE 2017:
- 6 assaltantes presos dos Correios.
 
EM 2018 REGISTRAMOS OS SEGUINTES RESULTADOS ENVOLVENDO OS CORREIOS:
- 11 episódios
- 9 arrombamentos – maioria danos materiais;
- 3 investidas contra carros de entrega de encomendas;
- 1 sequestro de gerente;
 
PRISÕES GERAIS NO ANO DE 2018:
- 7 assaltantes presos dos Correios.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.