Crime Polícia apreende metralhadoras e dois suspeitos de integrar quadrilha de traficantes Grupo atuava na comunidade de Entrapulso em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife

Publicado em: 20/08/2018 14:36 Atualizado em: 20/08/2018 14:52

Armamento apreendido pela polícia. Foto: Divulgação/PCPE
Armamento apreendido pela polícia. Foto: Divulgação/PCPE

A Polícia Civil de Pernambuco divulgou nesta segunda-feira (20) a apreensão de duas metralhadoras de uso restrito das Forças Armadas, no bairro da Iputinga, no Recife. O armamento estava junto com um revólver, uma pistola, carregadorese mais de 120 cápsulas de diversos calibres, além de um 1,2 quilos de cocaína e 36 micropontos de LSD. Também foram presos Felipe Gomes da Silva e Ademir Ademiro da Silva, suspeitos de integrar uma quadrilha que atua no tráfico de entorpecentes na comunidade do Entrapulso, em Boa Viagem.

De acordo com o delegado Ícaro Schneider, responsável pela investigação, a dupla era responsável pela distribuição de drogas. "Eles estavam preparados para confrotar quem chegasse. Mas quem chefiava o grupo é um detento que está recolhido no sistema penitenciário, que esta sendo identificado", informou. 

Segundo o delegado, os suspeitos não informaram como conseguiu as armas. "Uma delas está com a numeração raspada. Mas podemos afirmar que é uma metralhadora Uzi e a outra foi fabricada nos Estados Unidos. Há ainda uma pistola Taurus nove milímetros. As duas estavam equipadas com silenciadores", disse, acrescentando que o armamento pode ter entrado no estado de várias formas, inclusive pela fronteira com o Paraguai. 

De acordo com o delegado, um dos presos, Ademir Ademário foi ferido no ano passado em um confroto com quadrilhas rivais. "Ele foi vítima de uma tentativa de homicídio, mas mesmo assim não saiu do tráfico de drogas", comentou. O local onde o armamento e os dois homens foram presos era considerado o ponto base da quadrilha. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.