Conscientização Prédio da Assembleia legislativa lembra a importância do combate ao tráfico de pessoas De acordo com a ONU, a quantidade de denúncias sobre esse tipo de crime no Brasil ainda é baixa

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 02/08/2018 20:36 Atualizado em:

Museu Palácio Joaquim Nabuco chama atenção para a importância da prevenção e do combate ao tráfico de pessoas. Foto: Jarbas Araújo
Museu Palácio Joaquim Nabuco chama atenção para a importância da prevenção e do combate ao tráfico de pessoas. Foto: Jarbas Araújo
Um alerta para a necessidade de conscientização sobre um grave problema social. Esta é a intenção do Museu Palácio Joaquim Nabuco – prédio histórico da Assembleia Legislativa - ao optar pela iluminação na cor azul até esta sexta-feira (3). As luzes, acesas desde o dia 30 julho, fazem referência à campanha Coração Azul, da Organização das Nações Unidas (ONU), que chama atenção para a importância da prevenção e do combate ao tráfico de pessoas.

No Brasil, iniciativas como essa acontecem desde 2013. No estado de Pernambuco, a campanha é promovida pela Secretaria de Defesa Social (SDS) e também envolve outros prédios públicos. 

De acordo com a ONU, a quantidade de denúncias sobre esse tipo de crime no Brasil ainda é baixa. Apesar disso, entre 2005 e 2011 foram feitos 514 registros, a maioria relativa a casos de trabalho em condições de escravidão e, em menor grau, de tráfico internacional e interno de pessoas.

A atuação das autoridades nesse período resultou no indiciamento de 381 suspeitos, dos quais apenas 158 foram presos, devido a dificuldades de reunir provas de delitos dessa natureza. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.