Mobilidade CTTU inicia Operação Volta às Aulas nesta quarta-feira (1º) Efetivo de 80 agentes e orientadores de trânsito fará o trabalho de monitoramento e fiscalização de tráfego durante dez dias. Além disso, a Trupe da CTTU também realizará atividades educativas nas vias e nas escolas

Publicado em: 31/07/2018 09:36 Atualizado em: 31/07/2018 09:41

A Trupe da CTTU entrará nas escolas com apresentação de teatro para conscientizar as crianças. Foto: Luciano Ferreira/CTTU/divulgação
A Trupe da CTTU entrará nas escolas com apresentação de teatro para conscientizar as crianças. Foto: Luciano Ferreira/CTTU/divulgação
A Prefeitura do Recife, por meio da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU), inicia, nesta quarta-feira (1º), mais uma Operação Volta às Aulas. A ação contará com efetivo de 80 agentes e orientadores de trânsito, que irão monitorar os principais corredores viários, que dão acesso às instituições de ensino nas zonas Norte, Sul, Oeste e no Centro da cidade. A operação terá duração de dez dias.   Entre as vias que vão receber a ação estão, entre outras, a Avenida Rui Barbosa, Avenida João de Barros, Avenida Norte, Rua do Paissandu, Dom Bosco, Avenida Conselheiro Aguiar, Avenida Visconde de Jequitinhonha e Avenida Doutor José Rufino.

Neste ano, a operação contará com uma novidade. A Trupe da CTTU entrará nas escolas com apresentação de teatro para conscientizar as crianças, que são agentes multiplicadores do conhecimento, sobre a importância de ter um comportamento seguro no trânsito. A ideia é transmitir dicas de educação e de cidadania fundamentais para a manutenção de um trânsito com mais gentilezas entre os cidadãos que fazem parte dele. 

Para o coordenador de programa municipal de educação para o trânsito, Francisco Irineu, a ação educativa de trânsito incentiva as crianças a serem mais responsáveis com a mobilidade da cidade. "Elas aprendem desde cedo o papel que exercem no trânsito e disseminam esse conhecimento aos adultos, pais e responsáveis. O nosso objetivo é mostrar que todos nós, juntos, fazemos um trânsito melhor", explica.

Com o retorno às aulas das escolas do Recife, a frota de veículos nas ruas da cidade tem um aumento médio de 20 a 25%, de acordo com as contagens feitas pelos equipamentos eletrônicos implantados nos principais corredores de trânsito. Considerando a estimativa da frota circulante nas vias da cidade - que recebe veículos de toda a Região Metropolitana do Recife (RMR) e que chega a mais de um milhão -, no período de férias escolares existe uma redução média de cerca de 250 mil automóveis.

SINALIZAÇÃO NAS ESCOLAS - Com intuito de beneficiar a comunidade educacional e garantir a segurança viária de pedestres e condutores, a CTTU iniciou ação para sinalizar as vias do entorno de instituições de ensino de todas as áreas da cidade. Além de requalificar faixas de pedestres e de rolamento, a ação também prevê a implantação de sinalização vertical para regulamentar vagas especiais de embarque e desembarque para o transporte escolar. Também serão implantadas placas para disciplinar a prática comum dos veículos particulares de pais e responsáveis de alunos em relação a formação de fila dupla e estacionamento irregular.  

A medida, que  vale para os dias letivos das 6h às 18h, ainda visa evitar a retenção do fluxo de veículos nos horários de entrada e saída das aulas, melhorando a mobilidade nas vias onde as escolas estão localizadas. No total, serão contempladas 50 escolas, das quais 30 receberão vagas especiais para embarque e desembarque dos estudantes. Ao todo, 28 escolas já tiveram os serviços finalizados, a exemplo do Colégio Agnes, Colégio Santo Emília e Colégio Equipe, cinco estão em execução e as demais serão sinalizadas até o fim do mês de agosto.  

A CTTU reitera que o condutor que realizar parada ou estacionamento irregular fora das áreas permitidas estará passível de notificação. A infração pode variar entre leve, média e grave, nos valores de R$ 88,38 (três pontos na CNH), R$ 130,16 (quatro pontos na CNH) ou 195,23 (cinco pontos na CNH), respectivamente.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.