Grafite e suas múltiplas linguagens artísticas marcam evento no Recife Antigo Vinte e sete painéis com uma série de grafitagens sobre cultura pernambucana foram espalhados pelo Recife durante o fim de semana

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 30/07/2018 07:34 Atualizado em:

Téo Armando é artista do grafite e integrante do grupo do Colorindo o Recife
Foto: Paulo Paiva / DP
Téo Armando é artista do grafite e integrante do grupo do Colorindo o Recife Foto: Paulo Paiva / DP
Téo Armando, artista do grafite e integrante do grupo do Colorindo o Recife, foi um dos autores de trabalhos no Espaço R.U.A, na Avenida Barbosa Lima. Uma série de grafitagens com o tema da cultura pernambucana foi aplicada no local, em 27 painéis. “Fazemos essa arte em alguns espaços da cidade. Eu, por exemplo, tenho uma intervenção na TV Universitária e em outros muros do Recife”, explicou. Os maracatus grafitados por Téo fizeram sucesso. Outra obra mais cobiçada foi a das asas, um cenário bastante disputado para fotos. 

A administradora Cristiana Viana reforçou o pleito de quem circulava pelas atividades. “Precisamos mais disso. As ações com arte são maravilhosas. Todo mundo fica querendo participar, tirar foto, conhecer os artistas. Essa interação é um ganho social que precisa ser explorado muito mais”, ressaltou.

Na Avenida Marquês de Olinda, o polo esportivo reuniu muita gente interessada em conhecer, ver e praticar esportes não tão tradicionais. O espaço reuniu quadra de showball (modalidade do futebol) e estrutura para oficina de slackline, além das intervenções de parkour. Uma pista de skate e patins também foi montada. E não faltaram os tradicionais futebol, basquete e vôlei. O RUA teve também uma programação especial para as crianças, com música e jogos com brinquedos infláveis, oficina de pintura corporal, slime e outras recreações. No palco principal, Tio Bruninho fez apresentação.

Na Rua da Moeda, as apresentações de break dance com Okado do Canal, da coletânea Ato Periférico, premiada em Londres no Festival Freedom Creativity Prize, agitaram o público. Se a criançada se divertia com brincadeiras e esportes, os pais tiveram a chance de “recarregar as energias” no polo de cerveja artesanal, com marcas do estado servindo as bebidas. Entre os shows mais concorridos, destaque para o do DJ paulista KL Jay (da banda Racionais Mcs) e do cantor pernambucano Romero Ferro.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.