ZONA OESTE Retirada de ambulantes das ruas termina com confusão em Afogados Duas pessoas foram levadas à delegacia e devem responder por dano ao patrimônio público e resistência à prisão após apedrejarem carro da guarda municipal

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 26/07/2018 11:32 Atualizado em: 26/07/2018 13:11

Vídeos divulgados nas redes sociais mostram trânsito intenso e acúmulo de pessoas na via
Foto: Divulgação/Whatsapp
Vídeos divulgados nas redes sociais mostram trânsito intenso e acúmulo de pessoas na via Foto: Divulgação/Whatsapp
Uma operação para retirada de ambulantes que instalam barracas nas calçadas e na rua complicou o trânsito e terminou em confronto, com duas pessoas presas, na manhã desta quinta-feira (26) na Estrada dos Remédios, em Afogados, Zona Oeste do Recife. Segundo a  Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano do Recife, os ambulantes resistiram às tentativas de retirada de guardas municipais e apedrejaram um veículo. Duas pessoas foram levadas à delegacia por dano ao patrimônio público e resistência à prisão.

Vídeos divulgados nas redes sociais mostram o trânsito intenso no local e a movimentação de guardas da Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) auxiliando motoristas. A CTTU auxiliou na circulação de veículos do local. 

Por meio de nota, a Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano do Recife explicou que tem realizado ações de rotina na área para retirada de ambulantes que instalam barracas nas ruas e calçadas, atrapalhando a mobilidade de pedestres. As ações começaram após a instalação da Nova Feira de Afogados, espaço com mais de 3,5 mil m² voltado para comerciantes da região. Alguns comerciantes, por sua vez, reclamam de que as novas instalações da feira diminuem a quantidade de vendas em comparação às realizadas no meio da rua.

Confira a nota na íntegra: 

A Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano do Recife (Semoc) informa que o objetivo da retirada dos ambulantes da rua é, principalmente, liberar as calçadas para a circulação de pedestres, que têm mais segurança e mobilidade no passeio público. Para beneficiar a população, a PCR inaugurou a Feira Nova de Afogados. Na manhã de hoje (26), durante operação de rotina, um carro de fiscalização foi apedrejado por ambulantes que insistem em ficar na rua e atrapalhar a mobilidade das pessoas. Duas pessoas foram levadas à delegacia e devem responder por dano ao patrimônio público e resistência à prisão. É importante salientar que por diversas vezes buscou soluções com esses ambulantes, inclusive oferecendo bancas dentro da Feira Nova – o que não foi aceito por eles.

FEIRA NOVA - Desde fevereiro de 2017, os moradores da Zona Oeste contam com um novo espaço para realizar compras com comodidade e segurança. Trata-se da Feira Nova de Afogados, que abriga cerca de 350 boxes e bancas de feira. O equipamento recebeu os comerciantes que ocupavam as ruas e calçadas de Afogados, beneficiando também os bairros do entorno, San Martin, Estância, Jiquiá, Mustardinha, que somam mais de 90 mil pessoas.

A inauguração deste centro de comércio faz parte do plano de ordenamento do comércio informal da cidade e tem como objetivo liberar espaço nas calçadas e garantir um ambiente de trabalho mais organizado para os comerciantes. No total, desde a desapropriação do imóvel, compra de bancas e construção do local, a PCR investiu mais de R$ 7 milhões no equipamento.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.