Crime Corpo de médico é encontrado dentro de poço em condomínio de luxo em Aldeia A mulher da vítima e um dos filhos do casal, com 23 anos, são suspeitos do crime

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 04/07/2018 20:30 Atualizado em: 04/07/2018 22:51

Foto: Google Street View/Reprodução
Foto: Google Street View/Reprodução

O corpo do médico cardiologista Denirson Paes Silva, de 54 anos, foi encontrado, nesta quarta-feira (4), dentro do poço no Residencial Torquato Castro, onde ele residia com a família, no km 13 da estrada de Aldeia. Para remoção do corpo, a Polícia Civil contou com o auxílio do Corpo de Bombeiros, já que o poço tem, em média, 25 metros de profundidade. A mulher da vítima e um dos filhos do casal, com 23 anos, são suspeitos do crime.

O cardiologista estava desaparecido desde o dia 20 de junho, quando a mulher da vítima registrou um boletim de ocorrência sobre o desaparecimento do médico. Nos registros, a mulher, que é farmacêutica, alegava que o marido teria viajado para fora do país e não retornou.

Durante as investigações, a delegada responsável pelo caso, desconfiou da participação da mulher e do filho no desaparecimento do médico e solicitou um mandado de busca e apreensão na residência da família. 

Após o corpo ser encontrado, mãe e filho foram  autuados em flagrante por ocultação de cadáver. A Polícia Civil dará mais detalhes sobre a morte do médico nesta quinta-feira (5).
 
Segundo um dos moradores, que preferiu não ser identificado, o condomínio conta com cerca de 300 casas. "É um condomínio tranquilo, muito familiar. Para nós foi uma surpresa completamente inusitada. Aqui, já tivemos problemas de segurança, mas nada que tivesse essa dimensão", contou ele. 
 
Sobre a movimentação no condomínio, ele informou que "foi tudo muito discreto". O residencial ainda não emitiu nenhuma comunicado oficial e não realizou nenhuma reunião com os moradores, porém o síndico "está tomando todas as providências para que as instituições responsáveis pelo caso apresentem as informações oficiais". 

Cremepe

Na noite desta quarta-feira,  o Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe) emitiu uma nota de pesar sobre o crime. Confira a nota na íntegra:

O cremepe vem a público informar o trágico falecimento do médico Denirson Paes da Silva, que estava desaparecido há cerca de 20 dias e hoje (04/07) o corpo foi encontrado num condomínio em Aldeia, Camaragibe, Região Metropolitana do Recife. A polícia ainda não sabe o motivo deste bárbaro assassinato.
 
Denirson Paes da Silva era médico cardiologista (CRM 9516), formado pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e atuou no Pronto Socorro Cardiológico de Pernambuco (Procape). Era um ótimo profissional e tinha um excelente conceito junto à categoria médica.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.