Campanha Junina Lumiar precisa de ajuda para representar Pernambuco em concurso regional A Quadrilha venceu diversos concursos neste São João. O grupo precisa arrecadar o valor de R$ 22 mil

Por: Samuel Calado - Redes Sociais

Publicado em: 02/07/2018 22:23 Atualizado em: 03/07/2018 00:25

Foto: Samuel Calado/Esp.DP
Foto: Samuel Calado/Esp.DP

A Junina Lumiar, do bairro do Pina, na Zona Sul do Recife, vencedora de diversos concursos no São João deste ano, entre eles o Festival Regional de Quadrilhas promovido pela Rede Globo Nordeste e o Concurso de Juninas da capital pernambuca, corre o risco de não conseguir representar o estado de Pernambuco no festival regional por falta de recursos.  O evento é conhecido como Nordestão e será realizado pela é organizado pela União Nordestina de Entidades Juninas (Unej)  na cidade de Mossoró, no Rio Grande do Norte. 

Nas edições anteriores, a Federação das Quadrilhas Juninas de Pernambuco (FEQUAJUPE) fornecia o transporte para que o grupo vencedor pudesse competir, contudo, segundo o presidente da instituição, Antônio Amorim alegou que devido a crise que ocorre em todo o país, o grupo não está em condições para arcar com o transporte. “Fizemos uma reunião com a quadrilha e informamos as condições. Infelizmente este ano, a junina terá que buscar recursos com parceiros e comunidade”, relatou. 

Foto: Samuel Calado/Esp.DP
Foto: Samuel Calado/Esp.DP

A junina precisa arrecadar o valor de R$ 22 mil referente aos três ônibus para o transporte dos quadrilheiros e um caminhão baú para levar o cenário. Diante desta dificuldade, o grupo está promovendo uma campanha chamada "Lumiar me representa", entre os quadrilheiros e comunidades para arrecadar a quantia, mas a preocupação é enorme."Nós esperamos contar com a ajuda do poder público e da iniciativa privada. Somos 150 integrantes, entre diretores, dançarinos, personagens e produção. Queremos representar o nosso estado e temos potencial para isso", desabafou o diretor de marketing do grupo, Henrique Arteche. 

Foto: Samuel Calado/Esp.DP
Foto: Samuel Calado/Esp.DP

Este ano a junina homenageou a Festa do Pau de Santo Antônio na cidade de Barbalha, no interior do Ceará e trouxe para os arraiais do estado o espetáculo "Na festa de Santo Antônio, solteira é que eu não fico", com repertório próprio assinado pelo compositor Leo Marques. Os gastos com figurino, cenário e produção superam o que o grupo conquistou nos festivais."Estamos falando de amor pelo movimento e vontade de representar a cultura do estado", contou o diretor. 

As pessoas que quiserem contribuir com o grupo, podem ligar para os números 81 %u202D99942.3571 (Fábio Andrade), 99832.3980 (Fagner Valadares) e 99864.9199 (Henrique Arteche)


Confira as premiações do grupo somente este ano: 

Campeã do Festival Pernambuco Junino 2018.
Campeã do Festival Globo de Quadrilhas Juninas - Etapa Estadual.
Campeã do Festival Globo de Quadrilhas Juninas - Etapa Regional.
Campeã do 34° Festival de Quadrilhas Da Prefeitura do Recife.
Campeã do Festival de Quadrilhas Juninas de Igarassu - Arraiá Gonzagão. 
Campeã do Festival de Quadrilhas de Paratibe, em Paulista. 
Campeã do Festival de Quadrilhas Flor do Arruda. 
Campeã do Festival de Quadrilhas do Alto José do Pinho. 
Campeã do Festival de Quadrilhas de Santo Amaro - Arraial do Seu Teixeira.

Assista ao vídeo da apresentação do grupo no Concurso de Quadrilhas Juninas do Recife: 
 
 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.