Diario nos bairros Bairro da Boa Vista é polo da educação superior Boa Vista concentra 19 instituições de nível universitário, como a Unicap, a Facipe e a Fafire, numa tradição iniciada há mais de 100 anos

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 26/06/2018 08:43 Atualizado em: 26/06/2018 09:10

Padre Pedro Rubens destaca localização da Unicap como um fator estratégico. Foto: Peu Ricardo/DP
Padre Pedro Rubens destaca localização da Unicap como um fator estratégico. Foto: Peu Ricardo/DP

Cortado por um corredor viário por onde passam 76 linhas de ônibus de todos os pontos da Região Metropolitana e local onde a veia mascate recifense pulsa, o bairro da Boa Vista é, há sete décadas, o mais atrativo para a instalação de instituições de ensino superior e profissionalizante da capital. Entre as principais instituições que funcionam na região estão a Universidade Católica de Pernambuco (Unicap) e a Faculdade Integrada de Pernambuco (Facipe).

Hoje, o bairro soma 19 instituições de ensino superior. Se adicionados os polos de Educação a Distância (EAD) e as escolas de cursos técnicos, o número passa de 60 unidades educacionais distribuídas nos 1,76 km2 de área do bairro.
      
A história da Boa Vista como polo de educação superior remete ao século 19. Em 1854, a Academia, atual Faculdade de Direito do Recife (FDR), foi transferida de Olinda para a Rua do Hospício, ocupando um casarão pouco adequado às funções acadêmicas, que, por isso, foi apelidado de pardieiro. Em 1912, a faculdade foi para o prédio onde funciona até hoje, na Praça Doutor Adolfo Cirne. A edificação é conhecida como Casa de Tobias, uma homenagem ao jurista Tobias Barreto. Começava ali a estreita relação entre o bairro e as instituições de onde saem parte dos profissionais que vão para o mercado de trabalho de Pernambuco.

A localização estratégica e central, próxima à Avenida Conde da Boa Vista e do comércio, é o principal atrativo. A Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), na Rua do Príncipe, foi ali instalada  há 75 anos, por esse motivo. “A cidade toda passa por aqui. A Católica surgiu como uma universidade para pessoas que trabalhavam durante o dia, por isso, o local era muito importante. Precisávamos estar próximos às pessoas que tinham outra atividade. Essa vocação permanece até hoje, tanto que ainda temos uma maior concentração de alunos no turno da noite”, afirma o reitor da Unicap, padre Pedro Rubens Ferreira Oliveira. 

Urbanismo 

A relação da universidade com a Boa Vista só se estreitou com o passar dos anos, culminando com a transformação de uma das vias do bairro por meio do projeto Centro Cidadão encabeçado pela Unicap. “A requalificação em andamento na Rua do Príncipe, em parceria com a Prefeitura do Recife, é um exemplo do que queremos para a cidade e para o bairro. Faremos um recuo do muro do Liceu Nóbrega em cinco metros e ele será substituído por um gradil, o que trará mais segurança para os pedestres”, ressalta padre Pedro.

A instituição cedeu parte da área privada para uso público. Com isso, haverá mais espaço para a circulação de pedestres, com calçada de 8,60 metros de largura. Também haverá novas faixas de travessia de pedestres, mudança no piso e melhoria de paisagismo e iluminação. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.