Copa do Mundo 2018 Dez mil pessoas acompanharam na Arena da Copa a frustrante estreia do Brasil no Mundial Localizada no Cais da Alfândega, espaço recebeu os animados torcedores canarinhos, que saíram de lá cabisbaixos

Por: Thainá Nogueira - Diario de Pernambuco

Publicado em: 17/06/2018 18:41 Atualizado em: 17/06/2018 18:56

Arena da Copa é uma iniciativa da Brahma, patrocinadora oficial do Mundial, e conta com, além de estrutura para transmitir o jogo para multidões, bares e shows (Nando Chiappetta / DP)
Arena da Copa é uma iniciativa da Brahma, patrocinadora oficial do Mundial, e conta com, além de estrutura para transmitir o jogo para multidões, bares e shows
 

 

No início da tarde deste domingo, o Recife Antigo começava a se pintar de verde e amarelo. Era o começo da chegada dos cerca de dez mil torcedores que acompanharam na Arena da Copa a estreia da seleção brasileira na Copa do Mundo Fifa 2018. O espaço, que tem entrada gratuita, foi uma iniciativa da Brahma, patrocinadora oficial do Mundial, e conta com, além de estrutura para transmitir o jogo para multidões, bares e shows.

 

Alaercio Florencio se diz presença confirmada no local para acompanhar todos os jogos do Brasil  (Nando Chiappetta / DP)
Alaercio Florencio se diz presença confirmada no local para acompanhar todos os jogos do Brasil
 

 

O autônomo Alaercio Florencio saiu de São Lourenço para acompanhar o jogo no espaço, que é localizado no Cais da Alfândega. “Participo de todos os eventos que acontecem aqui no Recife Antigo e sou um entusiasta da Copa do Mundo”, conta Florencio exalando paixão pelo futebol com o seu rosto repleto de tintas verde e amarela.

 

Para Severino da Paz, vale tudo para vibrar pela seleção. Inclusive investir na criatividade para acompanhar os jogos (Nando Chiappetta / DP)
Para Severino da Paz, vale tudo para vibrar pela seleção. Inclusive investir na criatividade para acompanhar os jogos
 

 

Além de animação, criatividade não faltou para os torcedores. O garçom Severino da Paz, por exemplo, levou um relógio, um terço e uma bandeira de Apipucos, onde mora, para a Arena na busca do “vale tudo pela vitória”. “Os relógios suíços são os melhores do mundo, trouxe o meu para provar que o do Brasil é o melhor para mim. Mas nem só com bens materiais eu provo isso, a religião e o amor pela bandeira também é coisa da gente. Somos os melhores e os europeus não querem deixar a gente ganhar”, explica.

No entanto, mesmo com o placar e a qualidade de jogo que não foi dos mais esperados, o público se animou ao encarar o show do sertanejo Gustavo Mioto após o jogo. O cantor de 21 anos, entoou hits como “Coladinha em Mim”, “Mel de Marte” e “Onde Cabe Dois”. Bonecos Gigantes de Olinda e orquestra de frevo também foram protagonistas no enredo do entretenimento da Arena.

 

Bonecos gigantes e orquestras de frevo animaram o dia no Cais da Alfândega (Nando Chiappetta / DP)
Bonecos gigantes e orquestras de frevo animaram o dia no Cais da Alfândega
 

 

Além do sertanejo, o grupo Molejo e o Dj Dennis devem subir ao palco nos próximos dias 22 e 27 de junho, respectivamente. Datas as quais a seleção brasileira debuta na Copa do Mundo. De acordo com a organização, mais bandas se apresentarão no local, a depender apenas do avanço do Brasil no torneio.

 

Saiba mais...
 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.