Violência Homem é detido com arsenal de armas, drogas e coletes falsos da polícia civil O rapaz foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de Palmares, onde foi constatado que ele usava identidade falsa e que era fugitivo da Penitenciária Agro Industrial São João, de Itamaracá.

Publicado em: 17/06/2018 11:05 Atualizado em: 17/06/2018 11:16

Crédito: Pm (Crédito: Pm)
Crédito: Pm

Um verdadeiro arsenal de armas, drogas e materiais diversos usados para crimes foi apreendido, em Palmares, em ação da Polícia Militar que começou na noite do sábado (16) e só foi concluída na madrugada deste domingo (17). O material foi encontrado no distrito de Cerro Azul e seria de uma quadrilha suspeita de praticar assaltos, tráfico e homicídios na região. Um homem foi preso por porte ilegal de arma de uso restrito, tráfico, falsidade ideológica e receptação dolosa.

A operação teve início no sítio Camevozinho, na casa de um homem apontado como integrante da quadrilha. Ele não se encontrava, mas seu pai indicou onde estavam objetos guardados pelo filho. No local, havia um tambor de plástico de 200 litros onde foram localizados o arsenal, drogas e outros materiais que eram utilizados nos delitos, como uniformes da Polícia Civil, que teriam usados no assassinato de um adversário, no último dia 4, em Catende.

As equipes seguiram em diligência à procura do suspeito, encontrado em um bar com homens apontados como comparsas. Com ele, a polícia localizou um carregador de metralhadora e depois, já em sua casa, uma motocicleta com registro de roubo e cocaína.

O rapaz foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de Palmares, onde foi constatado que ele usava identidade falsa e que era fugitivo da Penitenciária Agro Industrial São João, de Itamaracá.

No total, a operação conseguiu apreender quatro metralhadoras, sendo uma calibre .40 e as demais calibre 9mm, uma espingarda calibre 12, oito carregadores (três de pistola e cinco de metralhadora), 14 munições de calibre 12, três de .40, três de 38, 18 de 380, 35 de 9mm e duas de 32, 900g de maconha prensada, 170 pinos de cocaína, uma balança de precisão, quatro camisas e quatro distintivos da Polícia Civil, duas capas de colete, uma placa balística frontal, nove balaclavas, dois pares de luvas e um par de placa de veículo, uma motocicleta e um Onix roubados.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.