Comportamento Pernambucanas 'size' se colocam como modelos para a sociedade e recebem homenagem 40 mulheres, entre donas de casa, blogueiras, atletas, empresárias ou autônomas, que fazem a diferença na sociedade, serão reconhecidas por seus papéis em nome do empoderamento feminino, nesta quinta (14), às 18h30

Publicado em: 14/06/2018 14:19 Atualizado em: 14/06/2018 14:33

Fotos: Divulgação
Fotos: Divulgação

Para Aline, 26, o “momento” foi num ônibus. Cheio, apertado, ouviu quando reclamavam da gorda que queria descer. Para Kaenedy, 38, foi na entrada de uma loja. Entrada, literalmente. “Não temos roupa para você”, alertou uma vendedora da qual sequer lembra o rosto, sem nem ter sido questionada. Para quem está acima do peso, sempre há uma cena dessas, pequena, corriqueira, que muitos julgariam ser besteira, mas que fica marcada e puxando para baixo a autoestima. O termo muda, entra na moda, tal qual “plus size” e há quem não se livre das histórias, mas também quem as use para mudar a forma de encarar a sociedade. É o caso de 40 pernambucanas que serão homenageadas nesta quinta-feira (14), na Câmara de Vereadores do Recife. Muito além de qualquer relação com a balança, em comum, elas exibem suas atuações pelo empoderamento feminino.


Aline Leão, aos 28 anos, gosta de subverter o que se pensa de imediato. “Não é por causa do peso que não cuidamos da saúde”, diz a garota, que é asmática e também jogadora de Flag, uma variação do futebol americano, pelo Olinda Mermaids. “Sempre gostei de exercícios, mas sempre fui gordinha. Isso não me impede, gosto de lidar com ‘limites’”, conta. Estudante de pedagogia, ela diz que o preconceito é recorrente, inclusive no transporte público, mas que essa realidade já lhe trouxe prejuízos. “Já perdi trabalho, numa entrevista de emprego por isso. Disseram que estavam buscando outro perfil e o perfil era de meninas magras de cabelos longos. Dói. Demora. Mas hoje eu aprendi a me amar”, garante.


Quem também já diz ter sido rejeitada em entrevista de trabalho por conta do manequim é a motorista de Uber e ex-modelo plus size Kaenedy Couto Araújo, 36. “Isso me fez me voltar a medicações e dietas excessivas. Chegava a usar quatro, cinco cintas, para usar um vestido, mesmo que mal respirasse, por isso nem vestido eu usava até dois anos atrás. Depois de um tempo, deixei de buscar um corpo que a sociedade aceitasse e percebi que o trabalho de se aceitar é diário. É o que me move”, resume. Entre as frases que mais lembra de ter ouvido, destaca a “Você é tão bonita, por que não emagrece?”. Era o que a distanciava de qualquer autoreconhecimento de beleza, o que findou em 2017, ao candidatar-se ao Miss Plus Size Pernambuco. “Foi um divisor de águas na minha vida”, conta.

As duas pernambucanas foram escolhidas a partir do envolvimento com o projeto “As mil faces de uma plus”, que, além de promover desfiles de moda trimestrais com mulheres plus size, oferece interações com médicos, instrutores físicos e oficinas de moda e maquiagem. “Oferecemos uma nova visão e olhar para que mulheres se apropriem de sua beleza independentemente dos padrões. Não fazemos apologia à gordura, tanto que temos profissionais para ajudar na busca por saúde. Mas é importante que toda mulher se ache linda, dentro e fora das passarelas, e essas são verdadeiramente modelos para a sociedade”, defende a fundadora da iniciativa, a pedagoga e escritora Sâmia Veras, 47.

Aline e Kaenedy estão entre os 40 nomes que serão homenageados no Plenário da Câmara, a partir das 18h30 desta quinta-feira, a pedido do vereador Rodrigo Coutinho (SD). “É importante valorizar a ação dessas mulheres na luta contra um padrão pré-estabelecido na busca da construção de uma sociedade que queiramos e que seja inclusiva, sem tantas diferenças. Por isso, acredito que essa iniciativa contribua não apenas para o debate, mas como reconhecimento e estímulo”, afirma o vereador.

 
Lista completa de homenageadas:

1. Aline Cabral Leão – Estudante de pedagogia e atleta de futebol americano;
2. Amanda Maciel Lemos – Jornalista, turismóloga e diretora da AblogPE;
3. Ana Cláudia Costa Coutinho - Economista;
4. Anelisy Silva – Cabo da Polícia Militar e empresária;
5. Cecília Botero – Primeira modelo plus size profissional de Pernambuco;
6. Célia Marques Da Silva Santos – Ambientalista;
7. Chris Evelyn Da Silva Andrade – Contadora;
8. Cledena De Lemos Oliveira – Técnica em enfermagem;
9. Cristina Karla Da Silva Melo – Cabeleireira;
10. Cynthya Roberta De Luna Barbosa – Auxiliar administrativo;
11. Ellen Carmen Santana Nascimento – Logística;
12. Emmanuelle Alves De Albuquerque – Operadora de telemarketing;
13. Fátima Campelo Pontes – Administradora e artesã;
14. Flavia Toledo – Empresária;
15. Gabriela De Souza Silva – Maquiadora profissional e designer de penteados;
16. Germana Soares – Presidente-fundadora da União de Mães de Anjos (UMA);
17. Jacilene Maria Oliveira Santana – Missionária;
18. Janaina Conceição Da Penha – Assistente social;
19. Jeanne Maria De Souza Fonseca – Sargenta da Polícia Militar;
20. Josele Valeria De L. Silva – Social media e blogueira;
21. Kaenedy Couto Araujo – Motorista de Uber;
22. Kassia Roberta Soares De Araujo – Monitora de segurança eletrônica;
23. Laryssa Geórgia S. Silva - Social media e fotógrafa;
24. Loretha Catramby – Publicitária;
25. Maga Moura – Comerciante;
26. Márcia Cristina Da S. Barbosa – Personal bronze;
27. Maria Barbara Freitas – Promotora de eventos;
28. Marilene Pessoa Cirilo – Empresária;
29. Marluci Farias C. Albuquerque – Gestora imobiliária;
30. Michelli Amorim Silva – Atriz e poetisa;
31. Natalia Maciel Carneiro – Administradora em marketing;
32. Núbia Poliana Cardoso I. P. Lima – Pedagoga e professora;
33. Patrícia Cavalcante Da Silva – Cake designer e estudante de enfermagem;
34. Paula Berlamino – Presidente da Revista Imobe/Inova;
35. Sandra Maria Da Silva Santos – Mestra em educação;
36. Sylvya Olyveyra – Orientadora corporal;
37. Tatiana Da Silva Correia – Técnica em segurança do trabalho;
38. Tatiane Lopes Dos Santos – Dona de casa;
39. Valeska Roberta Pereira Pino – Enfermeira e empreendedora;
40. Vânia Silva – Gestora em RH.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.