Patrimônio AIP denuncia invasão da torre de transmissão da antiga TV Manchete

Publicado em: 11/06/2018 16:33 Atualizado em: 11/06/2018 16:37

A Associação de Imprensa de Pernambuco (AIP) denuncia a invasão da torre de transmissão da antiga TV Manchete, em Olinda, fato ocorrido no último sábado (9). A torre encontra-se em processo de tombamento como patrimônio histórico-arquitetônico do município de Olinda.

Projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer, a Manchete iniciou suas atividades em 5 de junho de 1983, tendo o projeto arquitetônico solicitado por Adolpho Bloch que contratou o renomado arquiteto para elaborar os projetos dos complexos da emissora no Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Ceará e Pernambuco.

A ocupação coloca em risco a preservação da memória da imprensa pernambucana e agride um importante patrimônio arquitetônico e cultural, que  em agosto de 2017 teve processo de tombamento aberto pela Fundarpe, a pedido da AIP.

Sem representante da massa falida da extinta Manchete no Estado, a Associação da Imprensa de Pernambuco aguarda posição da Prefeitura de Olinda e da Fundarpe sobre o cumprimento da legislação de preservação.

A AIP poderá requerer a guarda, caso o Estado ou a Prefeitura disponibilize segurança. 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.