Serviço Inicia obra para requalificação das calçadas da Rua do Príncipe Também passarão pelas mudanças a Avenida João de Barros, em andamento desde abril deste ano, e a Visconde de Suassuna, todas na região central da cidade

Publicado em: 06/06/2018 16:13 Atualizado em: 06/06/2018 16:45

ém disso, toda a extensão da via terá a calçada alargada em 1,20 metros para permitir o uso livre do passeio público sem a retirada das árvores de grande porte existentes. Foto: Unicap/Cortesia
ém disso, toda a extensão da via terá a calçada alargada em 1,20 metros para permitir o uso livre do passeio público sem a retirada das árvores de grande porte existentes. Foto: Unicap/Cortesia
As obras de requalificação das calçadas na Rua do Príncipe, na Boa Vista, iniciaram nesta quarta-feira (6). Esta é a nona via na cidade a receber a intervenção do programa Calçada Legal que vai garantir mobilidade e acessibilidade nas calçadas para pedestres e usuários de transporte público. 
 
Também passarão pelas mudanças a Avenida João de Barros, em andamento desde abril deste ano, e a Visconde de Suassuna, todas na região central da cidade. O investimento para execução da obra é de R$ 1.509.730,57, fruto de convênio entre a gestão municipal e o Governo Federal.
 
A obra da Rua do Príncipe será dividida em dois trechos. O primeiro, com projeto feito em parceria com a Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), dentro do Plano Centro Cidadão, fica entre as ruas Nunes Machado e Bispo Cardoso Ayres. Entre as melhorias, o destaque é o recuo na calçada do Liceu Nóbrega, o que permitirá o alargamento de 5 metros para a implantação de uma área de estar urbana.
 
O trecho também envolve o Consórcio Grande Recife que substituirá o atual abrigo por dois conjuntos de paradas seletivas, permitindo uma melhor distribuição das linhas de transporte público. Além disso, toda a extensão da via terá a calçada alargada em 1,20 metros para permitir o uso livre do passeio público sem a retirada das árvores de grande porte existentes
 
A segunda parte do trecho segue até o cruzamento com a Rua do Hospício com o mesmo padrão de obra utilizado nas demais calçadas: inclusão de novas faixas de travessia de pedestres, paisagismo e iluminação específica para os usuários dos passeios públicos. A pavimentação é executada em materiais antiderrapantes, com uso de pisos táteis, sinalizadores e direcionais. Também serão feitas melhorias como a recuperação do piso, rampas de acessibilidade, percursos legíveis e preservação dos passeios históricos. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.