Cabo de Santo Agostinho Polícia consegue frustrar tentativa de assalto a banco com sequestro de gerente Bancário de 38 anos, a esposa grávida e a filha de três anos foram feito reféns pelos bandidos, que terminaram presos

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 06/06/2018 07:49 Atualizado em: 06/06/2018 08:38

A ideia da quadrilha era na manhã de hoje levar o gerente até a agência no Cabo de Santo Agostinho para abrir o cofre e roubar todo o dinheiro. Foto: Reprodução/ WhatsApp
A ideia da quadrilha era na manhã de hoje levar o gerente até a agência no Cabo de Santo Agostinho para abrir o cofre e roubar todo o dinheiro. Foto: Reprodução/ WhatsApp

O gerente do Banco do Brasil da agência do Cabo de Santo Agostinho foi sequestrado e sua família feita refém na noite desta terça-feira (5), em Pontes dos Carvalhos, no Grande Recife.

A ação terminou sendo frustrada graças a ação da Polícia Militar, que conseguiu libertar o funcionário do banco e a família, após uma denúncia de um vizinho que desconfiou de que algo errado acontecia na residência do gerente. O bancário de 38 anos, a mulher grávida de oito meses e a filha do casal, de apenas três anos, ficaram sob a mira de arma de fogo, rendidos por três assaltantes. 

De acordo com a Polícia Militar, a ideia da quadrilha era na manhã desta quarta-feira (6), levar o gerente até a agência no Cabo de Santo Agostinho para abrir o cofre e roubar todo o dinheiro. Mas graças a denúncia, os policiais do 18º Batalhão e da Radiopatrulha cercaram a casa do gerente e após meia hora de negociação, os assaltantes se entregaram, liberando as vítimas. 

Depois de presos, os três criminosos revelaram aos policiais que o restante da quadrilha estava hospedada em uma pousada, localizada no bairro de Candeias, em Jaboatão dos Guararapes. Quando os policiais chegaram até a pousada não encontraram mais o resto do bando. Os assaltantes estão sendo autuados no Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri), no bairro de Afogados, no Recife. 

Segundo o Sindicato dos Bancários de Pernambuco, esse foi o segundo caso de sequestro de gerente de banco registrado em 2018. O sindicato informa ainda que este ano já ocorreram 74 crimes em bancos do estado. Além dos dois sequestros, foram 31 explosões, 21 arrombamentos, 13 assaltos, seis crimes de estelionato e uma invasão. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.