Mobilidade Passarela em frente ao Hospital das Clínicas é retirada na Cidade Universitária Equipamento, localizado sobre a BR-101, será substituído por outro em concreto a ser construído

Publicado em: 03/06/2018 14:13 Atualizado em: 04/06/2018 12:46

O equipamento é o único meio de atravessar aquele trecho da BR sem ser por meio dos carros. Foto: Wilams Oliveira/Divulgação
O equipamento é o único meio de atravessar aquele trecho da BR sem ser por meio dos carros. Foto: Wilams Oliveira/Divulgação

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Denit) realiza neste domingo (3) a remoção da passarela sobre a BR-101, próximo ao Hospital das Clínicas, na Cidade Universitária. O equipamento, único meio de atravessar no trecho sem ser por meios dos carros, será retirado para dar lugar a um novo. 

Por conta da remoção, o trecho da pista ficou interditado até as 13h desse domingo. Uma equipe do Denit precisou fazer a sinalização da pista, pintando faixas para pedestres no local. também estão sendo instaladas placas, de alerta, indicando a nova sinalização. Guindastes estão sendo utilizados para auxiliar nos trabalhos. A previsão é de a retirada seja concluida às 16h deste domingo.

De acordo com o Denit, a construção de uma nova passarela no local foi tomada com base em laudos técnicos elaborados por especialistas. Até que erguida nova passagem, o DNIT colocará, provisoriamente, um semáforo em funcionamento no trecho, já nos próximos dias. 

O Departamento de Estradas de Rodagem de Pernambuco (DER), informa que a nova passarela será construída em concreto armado em frente ao Hospital das Clínicas e foi inserida recentemente nas obras de restauração e requalificação da BR-101.

Há quase dois anos, o Diario de Pernambuco alertou sobre as condições do equipamento, desde ferrugem até relatos de instabilidade no piso da passarela, à noite a insegurança rondava a população que tinha medo de assaltos pela falta de iluminação. Além disso, por vezes, o acesso a passarela estava bloqueado e impossibilitava a travessia do pedestre.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.