Meio Ambiente Semana Bloom chega à sua 2ª edição ao Recife a partir da próxima quarta-feira Com foco em despertar a consciência verde na população pernambucana, evento se inspira, neste ano, no 15º Objetivo pelo Desenvolvimento Sustentável da ONU

Publicado em: 17/05/2018 12:45 Atualizado em:

A cada ano, são perdidos 2,7 bilhões de toneladas de solo, devido à redução da capacidade produtiva dos ecossistemas causada pela atividade humana. Devido às condições ambientais, as atividades econômicas, desenvolvidas em uma região, podem ultrapassar a capacidade de suporte e de sustentabilidade. 2,6 bilhões de pessoas dependem diretamente da agricultura, mas cerca de 52% da terra usada para esta atividade é afetada moderada ou severamente pela degradação do solo – fortemente impactado por práticas, como a monocultura, com o uso de agrotóxicos, além do descarte inadequado de esgoto e de resíduos sólidos, reflexos de problemas estruturais, como saneamento básico e uso de lixões.

É neste sentido que a Semana Bloom 2ª Edição vem tratar sobre o tema da preservação da vida terrestre e da qualidade do solo dentro da agenda da ONU para 2030.

O evento é idealizado pela produtora rural e empresária pernambucana, Mariana Maciel, que criou o conceito Cultivo Bloom – Cultive-se, há cerca de dois anos. “A perspectiva da Semana Bloom é, de fato, despertar nas pessoas a ideia de que todos podemos nos empenhar em traçar soluções simples para fazer um mundo melhor e mais sustentável. É criar uma consciência de que não importa se você é artista, empreendedor, gastrônomo, médico, você pode atuar, de forma consciente, para melhorar o seu entorno”, conta Mariana, que analisa a 2ª edição do evento como mais alinhada com os debates internacionais sobre sustentabilidade, resultado também do empenho de profissionais de diversos setores, que acreditam no objetivo de tornar as cidades espaços mais verdes.

A ação conta, neste ano, com a curadoria da advogada ambiental, consultora de impacto socioambiental e militante pela sustentabilidade, Bruna Albuquerque, que sublinha o diálogo do evento com as discussões mundiais sobre sustentabilidade:

“A programação da Semana Bloom se inspira na dos encontros que reúnem atividades para a transformação da consciência coletiva e dos indivíduos, buscando unir o discurso à prática, como acontece em outras experiências como na Virada Sustentável. Nesta edição, serão abordados os Objetivos pelo Desenvolvimento Sustentável, fruto da RIO+20, onde a ONU elaborou, em conjunto com os governos, sociedade civil e outros parceiros, metas para que medidas sejam tomadas a fim de garantir um futuro sustentável. A proposta do evento é tratar desses temas de modo a contribuir para a realização da meta até 2030, especialmente no que se refere ao ODS 015”.

Criado em 2015 por 150 líderes mundiais, junto aos outros 16 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), o 15º ODS se relaciona diretamente à proteção, recuperação e promoção do uso sustentável dos ecossistemas terrestres, além de gestão, de forma sustentável, das florestas; o combate à desertificação, reversão da degradação da terra e da perda de biodiversidade – e inspira a 2ª edição da Semana Bloom | Por Cidades Mais Verdes, que volta a acontecer em Recife, entre os dias 23 e 26 de maio.

Na abertura da SB no dia 23/05, a partir das 9h no Porto Social (Ilha do Leite), está programado o Manifesto Bloom – que contará com a Palestra: Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável – Agenda 2030 / ODS 15, com a jornalista e coordenadora geral da Gestos (ONG criada em 1993 no Recife), Alessandra Nilo. Na sequência, ocorre a intervenção do artista plástico, André Soares, com a sua Performance Homixo (Homem do Lixo), baseada na utilização de materiais recicláveis em arte socioambiental; além da palestra Como Cocriar Projetos de Impacto Social, com o comunicador e empreendedor social, Pedro Verda; que participa também da Mesa Redonda: Cultivando a Transformação por Cidades Mais Verdes, ao lado de Alessandra Nilo, a curadora Bruna Albuquerque e a idealizadora da Semana Bloom, Mariana Maciel. Por fim, na data ainda, estão programadas homenagens ao Projeto Mata Viva e ao Centro Sabiá.

Um dos destaques desta edição é o Curso Horta em Todo Canto, iniciativa criada em 2016 pela primeira-dama do estado de Pernambuco, Ana Luiza Câmara, e que tem como foco promover o cultivo de alimentos sem o uso de agrotóxicos em equipamentos estaduais, municipais e privados, além de fomentar entre as instituições do Governo do Estado a importância e a consciência do consumo e cultivo de alimentos saudáveis.

Oferecido pelo Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) normalmente em quatro módulos, totalizando 32 horas, o curso será realizado em versão intensiva e ocorrerá no 2º dia da Semana Bloom, quinta-feira (24), das 8h às 17h, abordando tópicos, que vão desde a escolha das sementes para compor uma horta, passando pela manutenção do cultivo orgânico até o cuidado e tratamento natural de doenças e pragas, entre outros pontos. “É um curso que tem como foco o fortalecimento da agricultura familiar e a segurança alimentar, e simboliza bem a importância do poder público para a construção de uma sociedade mais consciente e sustentável”, pontua Maciel, que defende a integração dos diversos setores, como o Governo, sociedade civil e empresas privadas para a manutenção de um equilíbrio ambiental sustentado.

Na sexta-feira (25), é a vez do Telhado Verde – Comunidade Pequenos Profetas (CPP) receber as atividades da Semana Bloom. O 1º Telhado Ecoprodutivo do Nordeste, localizado no bairro de São José e criado pela ONG Comunidade Pequenos Profetas (dirigida pelo empreendedor social Demetrius Demetrio), autossustentável e voltado para o desenvolvimento comunitário a partir do cultivo de hortas orgânicas servirá de cenário para a Oficina: Medicina Natural e o Cultivo de Temperos, com o médico naturalista, Dr. Celerino Carriconde. No local, será promovida também a Oficina de Gastronomia Sustentável: PANCS e Flores Comestíveis – capitaneada pelos chefs Thiago das Chagas (Reteteu Comida Honesta) e Yuri Machado (Ca-Já Restaurante) à frente do projeto social Mesa Coletiva – arrematada por um almoço com os participantes da oficina e os atendidos da ONG.

“Nesta edição, foram reunidos vários profissionais que dedicam parte de sua vida à questão ambiental, e isso é muito enriquecedor. Do 1º ao último dia, temos participações expressivas, que acreditaram na proposta e passaram a somar na ideia da Semana Bloom. Apesar de ser um evento novo, a SB tem a possibilidade de ficar marcada no calendário da cidade pela capacidade de falar de um tema tão importante e, ao mesmo tempo, de forma tão leve. Com o tema voltado, neste ano, para a reflexão sobre o ODS 15, a Semana destaca ainda a relevância do Dia Internacional da Biodiversidade (22 de maio)”, aponta Marcela Paes, da OPS Eventos, Momentos e Encontros – empresa responsável pela produção do evento pelo 2ª ano consecutivo.

Para fechar com chave de ouro, a Semana Bloom faz seu encerramento no sábado (26/05), a partir das 9h no Museu do Estado de Pernambuco, no bairro das Graças (Zona Norte do Recife), um café da manhã colaborativo, seguido por uma feirinha de produtos orgânicos da Tulasi Mercado Orgânico. Na sequência, acontece a atividade Yoga Psicofísico Energética, com a facilitadora Natalí Paiva (Ciclos de Kali-RN), que promoverá uma socialização com o público, abordando questões de autoconsciência, pontos principais dos chakras, entre outros tópicos.

Depois, acontece a Palestra: Ecossistemas Florestais com a jornalista Renata Nascimento – que abordará, entre outros pontos, o sistema de gestão do Tulasi, análogo a uma agrofloresta, onde há respeito à natureza e sinergia na condução de processos. Em seguida, o show musical Peter Connection Convida: O Kraude movimenta os participantes da SB para a Oficina: Noções Básicas de Germinação, com a publicitária e florista, Tita de Paula (Dona Jardineira); e a Oficina Lúdica de Arte Socioambiental: Técnica Catamisto em Banner com André Soares, que antecedem a instalação de um Painel Sustentável, para o encerramento da 2ª Semana Bloom.

“O grande mérito da Semana Bloom é demonstrar que, se cada cidadão adotar medidas simples, com a consciência de que pode mudar a realidade para algo mais positivo, isso já é uma semente fundamental para construirmos um futuro melhor e mais verde”, finaliza Mariana.

Serviço

2ª Semana Bloom

Quando: De 23 a 26 de maio

Inscrições: www.sympla.com.br/semanabloom2018

Informações: www.cultivobloom.com.br | Facebook/Instagram: @sigabloom, @asfloresdomundo, @estacaoasfloresdomundo


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.