Prevenção Celpe orienta população sobre cuidados com energia durante o inverno

Publicado em: 17/05/2018 11:07 Atualizado em: 17/05/2018 11:11

A companhia quer evitar acidentes com fiação elétrica. Foto: Arquivo/DP
A companhia quer evitar acidentes com fiação elétrica. Foto: Arquivo/DP

O sistema de distribuição de energia recebeu os últimos ajustes para a chegada do inverno. Para minimizar riscos de ocorrências típicas do período de chuvas no Grande Recife, preservando a qualidade e continuidade do fornecimento de energia, a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) aplicou cerca de R$ 70 milhões em ações preventivas de manutenção de rede. Além da instalação de equipamentos de automação e dispositivos de proteção do sistema elétrico, a Celpe substituiu cabos nus por outros protegidos e está realizando podas nas áreas de maior arborização. A previsão é que sejam executadas mais de 200 mil intervenções na vegetação urbana do Recife e região de praias, principal causa de desligamento intempestivo na estação chuvosa.

Simultaneamente, inspeções preventivas foram efetuadas em mais de 20 mil quilômetros da rede elétrica. Também foi promovida a substituição de 250 quilômetros de fiação convencional de baixa tensão por redes isolada e outros 200 quilômetros de redes de média tensão por cabos protegidos – que permitem uma convivência mais harmoniosa dos fios elétricos com a vegetação urbana. Complementarmente, o sistema também receberá 485 chaves automatizadas – que atuam no restabelecimento mais ágil da energia em caso de eventuais ocorrências. A estratégia é preparar a rede elétrica com a antecipação de ações que reduzam a possibilidade de interrupções, principalmente nos dias de maior precipitação.

A Operação Inverno tem a finalidade de minimizar previamente os impactos provocados por chuvas e ventos de maior intensidade, com a realização de podas também aos fins de semana. O controle da vegetação urbana é realizado pela Celpe por meio de técnicos especializados que trabalham sob a orientação de engenheiros florestais e agrônomos.

Em caso de ocorrências, a concessionária tem preparado um plano de contingência, com reforço de equipes de prontidão, aptas a atuarem em situações emergenciais.

Todo o sistema elétrico do Estado é monitorado pelo Centro de Operações Integradas (COI), no Recife. Nos últimos anos, a Celpe tem investido em equipamentos de automação que permitem operar a rede elétrica à distância. Com a finalidade de se antecipar às situações adversas, os profissionais que atuam no controle e supervisão do sistema fazem o acompanhamento das condições climáticas e podem mobilizar equipes extras, conforme previsto no plano de contingência. Em caso de necessidade, também haverá reforço nas posições de teleatendimento.

IMPORTANTE – A Celpe solicita aos clientes que durante a comunicação de eventuais faltas de energia tenham sempre à mão o número do contrato, o que facilita a identificação das ocorrências.

Sobre a Celpe

A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), empresa do Grupo Neoenergia, distribui energia elétrica para os 184 municípios de Pernambuco e para a cidade de Pedras de Fogo, na Paraíba. Também é responsável pela geração e distribuição de energia elétrica no Arquipélago de Fernando de Noronha. Sua área de concessão é de 98,5 mil quilômetros quadrados. A empresa tem 3,6 milhões de clientes (9,4 milhões de habitantes).


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.