inclusão Cerimonialista com Síndrome de Down gerencia ação em feira de noivas Apaixonada por casamentos, Elis sabe tudo o que é preciso para conduzir a festa perfeita

Publicado em: 15/05/2018 20:42 Atualizado em: 16/05/2018 19:57

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Elis Regina tem 25 anos e, na sua jovem vida, já surpreendeu muita gente. A menina com nome de artista veio ao mundo portodra de Síndrome de Down, mas a deficiência nunca a impediu de fazer tudo o que alguém que nasceu com dois cromossomos consegue lidar.

Apaixonada por casamentos, Elis atua como cerimonialista no Buffet Andrea Guerra, em Olinda. Vem trabalhando com esse tipo de cerimônia desde fevereiro de 2017 e sabe tudo o que é preciso para conduzir a festa perfeita . "Convites, sapatos, carro. Ela gosta de estar ali no cerimonial, de dizer onde os padrinhos vão sentar pra organizar todo mundo", explica a mãe, Simone Araújo.

Elis, que já estagiou como guia de visitação no Palácio do Campo das Princesas, sede do governo do estado, já fez cursos de recepção de eventos e de informações turísticas. Neste último, conheceu seu namorado Antônio Neto, com quem também já dividiu o cerimonial de um casamento em março do ano passado. Mas se engana quem pensa que ela é romântica.  "Ela é prática. Não tem nada de romantismo. O casamento é uma particularidade", revela Simone. "Na verdade, ela gosta de mandar. Tanto que a gente obedece. Ela vai mandando sentar no lugar certo e organizando tudo", completa a mãe. 

A partir desta sexta-feira (18) até o domingo (20), Elis vai estar recepcionando os pombinhos na feira de casamento Expo Fashion Noivas, que reúne diversas empresas que atuam em cerimônias e festas de casamento, mostrando as novidades e ofertas do mercado. No evento, ela vai estar distribuindo bolo no pote gourmet, feito pelo buffet Andrea Guerra. 

A feira acontece no Centro de Convenções. Na sexta-feira das 12h às 21h. Sábado e Domingo das 14h às 21h. Os ingressos custam R$ 17,00. 





Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.