Educação Escola pública de Jardim Brasil cria projeto para auxiliar estudantes na escolha profissional Testes vocacionais e atividades mostram aos alunos do 3º ano do ensino médio as diversas áreas de atuação no mercado de trabalho

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 14/05/2018 17:36 Atualizado em: 14/05/2018 17:52

Esse ano, o projeto vai ser aberto para o público interno e externo entre os dias 14 a 18 de maio. Foto: Divulgação
Esse ano, o projeto vai ser aberto para o público interno e externo entre os dias 14 a 18 de maio. Foto: Divulgação
Escolher qual profissão seguir não é simples. No ensino médio, esse é um questionamento muito comum entre os estudantes. Por conta disso, a escola de referência Desembargador Renato Fonseca, em Jardim Brasil, Olinda, criou a "Semana do Profissional", para que os alunos tenham oportunidade de vivenciar atividades relacionadas as diversas áreas de atuação no mercado de trabalho. A ação foi reconhecida pela Secretaria de Educação e ganhou o prêmio “Destaque Pedagógico de Pernambuco”.  

Diante desse cenário, o professor de geografia Ruy Parahyba idealizou o projeto em 2010. “Durante a Semana do Profissional realizamos testes vocacionais, buscando esclarecer as peculiaridades das profissões, sendo assim, desenvolvendo nos alunos a importância da responsabilidade e compromisso com a profissão que eles escolherem”, ressaltou. 

A iniciativa nasceu da compreensão da necessidade de oferecer aos alunos um direcionamento. Segundo o gestor da escola Francisco Junior, "toda a comunidade é convidada a participar". Esse ano, o projeto vai ser aberto para o público interno e externo entre os dias 14 a 18 de maio.

O estudante do 3º ano do ensino médio, Eliseu Jorge, de 16 anos, é um dos alunos que participou do evento oferecido pelo corpo educacional. “Esse programa foi de grande importância para mim. Durante uma semana, temos a experiência de conhecer um pouco de cada profissão. Antes de conhecer essa iniciativa, estava muito indeciso na carreira que deveria seguir. Depois de conhecer o projeto, já decidi a profissão que vou levar durante a minha vida, que é Medicina”, afirmou o garoto.

Débora Rocha, de 16 anos, também é aluna do 3º ano e não poupou o entusiasmo ao contar sobre sua escolha e o que estava achando da proposta da escola. “Iniciativas como essa deveria ter em outras escolas, estou gostando muito da proposta. Essa dúvida é muito comum. Já tomei uma decisão, vou seguir a área de psicologia", disse.

Uma pesquisa realizada pela Universidade Anhembi Morumbi de São Paulo, realizada com 18.477 alunos do 3ºano do ensino médio, mostrou que 27% dos estudantes têm dúvidas sobre qual carreira devem seguir.
 
 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.