• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Registros Pernambuco tem redução de 22,55% de Crimes Violentos Contra o Patrimônio No total, 8.457 casos foram registrados neste ano, em 2017, as ocorrências contabilizaram 10.920 no mesmo período

Publicado em: 13/04/2018 14:25 Atualizado em:

Comparado a março do ano passado, Pernambuco teve uma redução de 22,55% dos Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVPs) em todo o estado. Segundo a Secretaria de Defesa Social (SDS), as ocorrências como roubo e furtos seguem apresentado quedas. No total, 8.457 casos foram registrados neste ano, em 2017, as ocorrências contabilizaram 10.920 no mesmo período.  

A secretaria constatou que a redução é motivada principalmente pela queda dos roubos de celulares. Neste último março foram contabilizadas 3.584 ocorrências de roubo de celular. O número é 24% menor que o mesmo período do ano passado que foi de 4.722 ocorrências. A SDS ressalta que há um ano lançou o sistema Alerta Celular. Atualmente há 135 mil celulares cadastrados na ferramenta, que já possibilitou a recuperação de 1.905 telefones. O mês passado houve um recorde do número com 358 aparelhos recobrados.

Os assaltos a ônibus na Região Metropolitana do Recife (RMR) também tiveram queda, segundo a secretaria. Em março, foram registradas 72 ocorrências, um número 51% se comparado ao mesmo período ano passado, quando houve 147 casos. O secretário de SDS, Antonio de Pádua, explica que a Força Tarefa Coletivos tem sido essencial para a queda desse crime."Só nos três primeiros meses desse ano, 43 pessoas envolvidas com esse tipo de crime foram presas, devido ao trabalho conjunto das policiais Civil e Militar”, informa.

As ocorrências de roubos e furtos de veículos também tiveram queda. Caíram 23,31% e 15,61% respectivamente. Ano passado, em março, 602 ocorrências foram registradas enquanto neste ano contabilizaram-se 508.

Instituições financeiras
As investidas contra as instituições financeiras diminuíram 63,6% em março de 2018, em relação ao mesmo mês do ano anterior: caiu de 11 para 4. O destaque para o mês passado é não ter registro de nenhum caso consumado de roubo ou furto contra carros-fortes ou caixas eletrônicos, ao contrário de março de 2017. Em março de 2017, haviam ocorrido oito roubos ou furtos contra agências bancárias. Neste ano,  houve uma queda de 50%,  quatro ocorrências contra agências foram registradas em todo estado.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.