• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
balanço PM divulga detalhes após operação que resultou morte de quatro suspeitos A polícia informou que todos os integrantes da quadrilha tinham antecedentes criminais

Publicado em: 13/04/2018 10:55 Atualizado em: 13/04/2018 11:15

Os suspeitos morreram durante troca de tiros com a polícia. Foto: Anamaria Nascimento/DP
Os suspeitos morreram durante troca de tiros com a polícia. Foto: Anamaria Nascimento/DP

A Polícia Militar de Pernambuco divulgou, nesta sexta-feira, o balanço da operação que frustrou a investida de assaltantes em uma agência bancária em Sairé, no Agreste do estado. Os policiais informaram que estavam em uma viatura quando perceberam uma quadrilha prestes a explodir o cofre da agência do Banco do Brasil, localizada no centro do município. Durante troca de tiros com a PM, os quatro suspeitos morreram. 

Segundo a polícia, todos os integrantes da quadrilha tinham antecedentes criminais. Anteriormente eles teriam sido presos por furto qualifcado, formação de quadrilha, explosão e roubo, entre outros crimes. Um deles sozinho tinha 6 mandados de prisão. O grupo atuava em diversos estados do nordeste, entre eles Pernambuco, Bahia, Ceará, Sergipe, Piauí e Alagoas. 

Após a morte dos suspeitos, durante confronto com o Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (Bepi), os policiais apreenderam com a quadrilha: um veículo Fiat Toro, uma espingarda e 53 munições, um rifle e uma munição, duas pistolas ponto 40 e 97 munições, 50 gramas de maconha, três espoletas de cordel detonante e quatro aparelhos celulares. Na fuga, eles deixaram para trás um artefato que seria utilizado na explosão, além de mais de  5 kg de dinamite.  De acordo com o delegado de Sairé, Jeová Miguel, o material seria suficiente para destruir a agência bancária.
 
 
 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.