• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Disque-denúncia R$ 5 mil por paradeiro de acusado de matar empresário em discussão no trânsito O crime aconteceu na Estrada de Aldeia em outubro do ano passado e teve como vítima Leonardo Henrique Spinelli

Publicado em: 13/04/2018 07:36 Atualizado em: 13/04/2018 13:17

Divulgação
Divulgação
Parentes do empresário Leonardo Henrique Buarque Spinelli, 34 anos, que foi assassinado após se envolver em um acidente de trânsito na Estrada de Aldeia, em Camaragibe, em outubro do ano passado, fazem uma campanha para ajudar a prender o autor do crime. O aposentado Adalberto Ferreira da Silva, 66, teve prisão decretada desde novembro, mas encontra-se foragido. A partir dessa sexta-feira, a família de Leonardo está distribuindo cartazes com a imagem do suspeito para pedir que a população ajude com denúncias. Por meio do Disque-denúncia, oferecem uma recompensa de até R$ 5 mil por alguma pista ao que leve a polícia a prender o suspeito. 

De acordo com a Polícia, Leonardo Spinelli foi morto a tiros pelo aposentado Adalberto Ferreira no quilômetro um da Estrada de Aldeia, no dia 28 de outubro do ano passado, após colidir com o carro do suspeito. A mulher dele presenciou o assassinato. A filha do casal, de 3 anos, também estava no veículo. Em depoimento à Polícia, o aposentado Adalberto contou que reagiu em legítima defesa, pois a vítima teria o perseguido dois quilômetros até o local do homicídio.

O aposentado alegou não ter ingerido bebida alcóolica e que o empresário teria o seguido, dando chutes e murros em seu veículo, após a batida. Com medo, Adalberto disse ter efetuado os disparos. Versão contraditória, segundo a viúva da vítima, que testemunhou o homicídio. Segundo ela, o aposentado foi quem teria provocado a colisão e atirado contra o marido. O suspeito chegou a prestar depoimento na polícia, mas ficou em liberdade, uma vez que já havia livrado o flagrante. As denúncias que levem a Polícia até o paradeiro do aposentado podem ser feitas pelo telefone 3421.9595. O sigilo é garantido. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.