• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Saúde Familiares de pacientes denunciam falta da medicação Somatropina há três meses Remédio é utilizado no tratamento para estimular o crescimento e não pode ser interrompido

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 14/03/2018 11:03 Atualizado em: 14/03/2018 12:25

As doses diárias utilizadas variam a cada caso. Foto: Osnei Restio/ Prefeitura de Nova Odessa (Foto: Osnei Restio/ Prefeitura de Nova Odessa)
As doses diárias utilizadas variam a cada caso. Foto: Osnei Restio/ Prefeitura de Nova Odessa


Familiares de pacientes que utilizam a Somatropina denunciam a falta do medicamento há cerca de três meses na Farmácia do Estado. A Somatropina é um medicamento que tem como princípio ativo o hormônio de crescimento (GH), que atua no metabolismo e é utilizada em crianças com quantidades inadequadas de GH para estimular o crescimento no tratamento em longo prazo.

Rosângela Maria Lucena é tia de uma das crianças afetadas pela falta da medicação:"Fizemos os cálculos do tratamento e custaria R$ 2.286 por mês para possibilitar uma injeção por dia. Um valor inviável", pontua a economista de 50 anos. O tratamento não pode ser interrompido, o que deixa famílias e pacientes ainda mais apreensivos. As doses diárias utilizadas variam a cada caso.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.