• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
PF Preso no Recife português condenado por crimes sexuais e procurado pela Interpol No Brasil, ele já havia sido autuado por três vezes na Lei Maria da Penha em virtude de ter relacionamentos agressivos e conturbados com mulheres pernambucanas e paraibanas

Publicado em: 12/03/2018 08:09 Atualizado em: 12/03/2018 18:37

Preso no Recife português condenado por crimes sexuais e procurado pela Interpol. Foto: PF/ Divulgação
Preso no Recife português condenado por crimes sexuais e procurado pela Interpol. Foto: PF/ Divulgação

A Polícia Federal em Pernambuco divulgou nesta segunda-feira a prisão do português Tiago Filipe Rodrigues Santos, de 29 anos. Condenado por crimes sexuais e procurado pela Interpol, ele foi detido no sábado passado numa operação em conjunto realizado pela Polícia Federal e a Polícia Militar de Pernambuco.

O estrangeiro estava há dois anos irregular no Brasil e já havia sido notificado pela Polícia Federal a deixar o país, porém ficou foragido desde então em locais de comunidades distantes dos grandes centros da capital pernambucana e paraibana para evitar sua possível prisão para fins de expulsão do país. Os crimes que são imputados ao foragido em Portugal são crimes sexuais cometidos contra mulheres e já possuindo condenação de 6 anos e 2 meses. No Brasil já havia sido autuado por três vezes na Lei Maria da Penha em virtude de ter relacionamentos agressivos e conturbados com mulheres pernambucanas e paraibanas. O português confessou que comandava um ponto de venda de droga em Portugal e por isso foi denunciado pela própria mãe o que o forçou a fugir do país após o cometimento de vários crimes. De temperamento agressivo se envolveu em brigas com guardas municipais da Paraíba. 

A prisão preventiva para extradição de TIAGO foi decretada pelo Ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes no dia 02 março de 2018 e visou atender a um pedido de extradição feita por Portugal ao governo brasileiro fundada na promessa de reciprocidade entre esses países de tratamento de casos análogos. Após receber o respectivo dispositivo legal de prisão, foram realizados levantamentos por parte de policiais federais da Superintendência em Pernambuco que de posse da autuação pela Lei Maria da Penha em Recife/PE foi montada uma operação conjunta entre as polícias federal e militar que resultou em sua localização e consequente prisão. O Português foi encontrado e preso após trocas de informações repassadas pela Polícia Federal para Policiais Militares da Rádio Patrulha/Malhas da Lei, no Bairro de Santo Amaro, porém residia em diversos comunidades como “V8” e dos “Coelhos” e não tinha o costume de ficar por muito tempo em ligares fixos a fim de que não fosse possível a sua identificação, A prisão ocorreu sem nenhum transtorno e o estrangeiro não esbouçou qualquer tipo de reação.

Trazido para a sede da Polícia Federal no Cais do Apolo e posteriormente encaminhado para Delegacia de Imigração no Aeroporto, o conduzido tomou ciência de sua prisão e após as formalidades legais foi submetido a exame de corpo de delito no IML e logo em seguida foi recambiado para o COTEL- Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna, onde permanecerá à disposição do Supremo Tribunal Federal aguardando os procedimentos administrativos para sua respectiva extradição.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.