• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Recife Brigada Maria da Penha inicia combate à violência contra mulher Inicialmente, 120 mulheres m situação de violência serão atendidas

Publicado em: 08/03/2018 13:43 Atualizado em: 08/03/2018 13:53

Brigada Maria da Penha inicia combate à violência contra mulher. Foto: PCR/ Divulgação
Brigada Maria da Penha inicia combate à violência contra mulher. Foto: PCR/ Divulgação

A partir desta sexta-feira, começa a funcionar no Recife a Brigada Maria da Penha. O objetivo é garantir o atendimento humanizado às mulheres em situação de violência e assegurar que as medidas protetivas sejam respeitadas e cumpridas. O grupo formado por oito guardas municipais, quatro homens e quatro mulheres, e vai acompanhar caso a caso a situação das mulheres e fará visitas regulares às moradias. Inicialmente,  120 mulheres serão atendidas. O lançamento aconteceu nesta quinta-feira e marcou o Dia Internacional da Mulher, com a participação do prefeito Geraldo Julio e da secretária da Mulher do Recife, Cida Pedrosa. 

Para garantir o empoderamento feminino, a Brigada será sempre capitaneada por uma mulher. Entre as atribuições do grupamento estão apoiar e acompanhar a equipe técnica da Secretaria da Mulher (assistentes sociais, psicólogas e advogadas) na realização de suas atividades internas e externas como oitivas nas delegacias, audiências judiciais, visitas domiciliares e em ações pedagógicas relacionadas ao enfrentamento à violência e à disseminação da Lei Maria da Penha.Há um ano na Guarda Municipal do Recife, Cibele Karla Lobo, 31 anos, é uma das profissionais que farão parte da Brigada Maria da Penha. Ela recebeu das mãos do prefeito a chave da viatura, que recebeu identificação especial com a identidade visual do programa.

No Centro Clarice Lispector atende mulheres em situação de violência doméstica e/ou sexista são realizados atendimentos psicossociais e orientações jurídicas como acompanhamento nas audiências e solicitações de medidas protetivas. O Clarice dispõe ainda de equipe multidisciplinar formada por psicólogas, assistentes,advogadas e educadoras sociais. O atendimento é gratuito e funciona de segunda à sexta, das 7h às 19h. Nos finais de semana, o equipamento atende no esquema de plantão. O "Liga, Mulher" (0800 .281.0107) recebe ligações de domingo a domingo, das 7h às 19h. O Centro fica na Bernardo Guimarães, 470 - Boa Vista.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.