• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
PRF Operação Carnaval segue até a meia noite nas rodovias federais

Publicado em: 14/02/2018 14:23 Atualizado em: 14/02/2018 14:53

Segue até a meia noite desta Quarta-feira de Cinzas a Operação Carnaval da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Até lá, o policiamento preventivo segue reforlado em locais e horários de maior incidência de acidentes e de criminalidade. O balanço dos trabalhos será apresentado na manhã desta quinta-feira. De acordo com a PRF, esta tarde a volta pra casa segue tranquila, com movimentação intensa apenas na BR-232, em Gravatá, nos dois sentidos mas sem retenções.
 
Na Região Metropolitana do Recife, o foco está na BR-101, que leva ao litoral Norte e Sul de Pernambuco, bem como aos estados de Alagoas e Paraíba. No Agreste, as ações acontecem principalmente na BR 232, que dá acesso a Gravatá, Bezerros e Caruaru. O policiamento conta com o apoio do Núcleo de Operações Especiais e dos Grupos de Motociclismo e Policiamento Tático da PRF. Composto por policiais especializados no combate ao crime, essas equipes também atuam para coibir roubos, receptação, porte ilegal de arma e tráfico de drogas.

Já as ações educativas são realizadas durante as abordagens aos veículos, em que motoristas e passageiros serão orientados sobre cuidados para evitar acidentes. Além disso, estão sendo repassadas informações sobre o enfrentamento à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, que pode ser denunciada pelo Disque 100.

A Base de Operações Aéreas da PRF, que atua em conjunto com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), está de prontidão para realizar o resgate de vítimas graves e acompanhar a operação. A Central de Informações Operacionais (CIOP) funciona 24 horas por dia e atende emergências pelo telefone 191.

De acordo com a PRF, devido ao grande número de veículos nas rodovias federais, além do uso abusivo do álcool por ser um período de festas, o Carnaval é um dos períodos mais críticos do calendário nacional de operações da corporação. Por isso, a PRF intensificou a fiscalização nas condutas consideradas mais graves como: ultrapassagens indevidas, excesso de velocidade e falta de equipamentos de segurança, como capacete – para motociclistas –, cinto de segurança ou cadeirinhas para crianças.Por conta da grande movimentação nas estradas, a Polícia Rodoviária também restringiu o trânsito de veículos de cargas. Nesta quarta, o horário de restrição foi das 6h às 12h.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.