• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Crítica Temas políticos inspiram fantasias no Galo da Madrugada Presidente, ex-presidentes, juízes: foliões se vestem com bastante irreverência

Publicado em: 10/02/2018 08:30 Atualizado em: 10/02/2018 09:07

Dentista Luiz Lapenda colocou faixa presidencial e fralda para satirizar o presidente Temer. Foto: Paulo Paiva/DP
Dentista Luiz Lapenda colocou faixa presidencial e fralda para satirizar o presidente Temer. Foto: Paulo Paiva/DP

Os foliões que já chegam ao Galo da Madrugada mostram bastante criatividade nas fantasias, principalmente no que diz respeito a temas políticos. Não faltaram fantasias do presidente Michel Temer e dos ex-presidentes Lula e Dilma. Um grupo inteiro resolveu se vestir de juízes para fazer uma sátira à justiça brasileira. A ex-presidente Dilma também virou fantasia este ano.

Grupo se vestiu de juízes para fazer uma sátira à justiça brasileira e se encontrou com a "ex-presidente Dilma". Foto: Marcionilia Teixeira/ DP
Grupo se vestiu de juízes para fazer uma sátira à justiça brasileira e se encontrou com a "ex-presidente Dilma". Foto: Marcionilia Teixeira/ DP

O dentista Luiz Lapenda, de 78 anos, decidiu viver um dia de presidente no desfile do Galo da Madrugada. Segundo ele, "para aumentar a popularidade". Vestindo terno, faixa presidencial e fralda geriátrica, o folião foi à concentração do bloco, em frente ao Forte das Cinco Pontas, com um grupo animado. Entre as 12 pessoas, a cover de Marcela Temer, enfermeiros e médicos. 

José Bezerra foi de Lula e fez alusão à recente condenação do ex-presidente. Foto: Paulo Paiva/DP
José Bezerra foi de Lula e fez alusão à recente condenação do ex-presidente. Foto: Paulo Paiva/DP

Folião do Galo da Madrugada há 14 anos, José Bezerra há alguns deles vai ao desfile no sábado de Zé Pereira fantasiado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Este ano, José agregou à fantasia uma passaporte e uma mala com a inscrição inocente, fazendo alusão à recente condenação sofrida pelo político. Ano passado o folião fez uma homenagem à Marisa Letícia, por conta de sua morte. No Carnaval de 2012 Luiz foi de pijama e soro para representar o ex-presidente durante umtratamento de saúde.

Folião faz crítica com a urna de votação na mão. Foto: Paulo Paiva/DP
Folião faz crítica com a urna de votação na mão. Foto: Paulo Paiva/DP



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.