• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Natal Campanha Papai Noel dos Correios inicia entrega dos presentes Distribuição segue até o dia 22 de dezembro, mas as doações continuam até o dia 14 deste mês. Ao todo, são necessários 25 mil presentes para atender a todos os pedidos de crianças que se encontram em situação de vulnerabilidade social

Publicado em: 06/12/2017 09:35 Atualizado em: 06/12/2017 09:50

A campanha Papai Noel dos Correios 2017 inicia nesta quarta-feira as entregas dos presentes para crianças que se encontram em situação de vulnerabilidade social. No início da manhã, a comitiva levando as encomendas, além dos próprios Papai e Mamãe Noel, saiu do edifício-sede da empresa, no bairro de Santo Antônio, na área central do Recife, em direção à Escola Municipal Lagoa Encantada, no Centro de Formação de Educadores Professor Paulo Freire, bairro da Madalena, na Zona Oeste da cidade. Para as 170 crianças da unidade de ensino, o Natal começa hoje. A entrega começou e segue até o dia 22 de dezembro, mas as doações continuam até o dia 14 deste mês. Ao todo, são necessários 25 mil presentes para atender a todos os pedidos.

Nem o Papai Noel ficou de fora da era digital este ano. A grande novidade é que as cartinhas, comumente deixadas na Campanha Papai Noel dos Correios estão também disponíveis no site para quem estiver com o coração aberto a ajudar. Para adotar os pedidos, é só fazer o cadastro online, escolher a cartinha e entregar o presente pessoalmente na Agência Central do Recife (Avenida Guararapes) e no Centro Cultural Correios (Av. Marquês de Olinda). No ano passado, foram recebidas cerca de 18 mil. Somente no Recife e região, foram mais de 11 mil presentes entregues.

Para quem quer fazer um pedido ao bom velhinho, é possível deixar a carta até o dia 11 de dezembro em algum dos dois pontos citados. Nelas, é necessário que tenha o nome da criança, o endereço e o pedido para o Papai Noel. Depois de lidas e selecionadas, as cartinhas são disponibilizadas com um código único, sem o endereço da remetente. A iniciativa preserva a privacidade em atendimento a recomendação do Ministério Público. A entrega direta do presente também não é permitida. Desta forma, estão prontas para serem adotadas através do site ou em algum dos pontos fixos até o dia 22 de dezembro.

A campanha contempla também estudantes das escolas de rede pública e de instituições parceiras a fim de estabelecer uma parceria que promova o desenvolvimento da habilidade da redação, o endereçamento correto e uso do CEP. As cartinhas são dividas por pedidos para facilitar a escolha de acordo com a disponibilidade de quem vai adotar. Bolas, bonecas e bicicletas são os desejos mais comuns.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.