• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Luzes Decoração natalina simula neve caindo no Recife Presépio, árvore de natal, refletores e painéis compõem a alameda iluminada, que será exposta até 6 de janeiro

Publicado em: 04/12/2017 08:29 Atualizado em:

As noites no Bairro do Recife ficarão mais iluminadas pelos próximos dias, com direito a um efeito que simula queda de neve. Ontem começou a funcionar a decoração natalina, composta por cerca de 2,6 mil metros de pontos de luz distribuídos ao longo da Avenida Cais da Alfândega. Presépio, árvore de natal, refletores e painéis compõem a alameda iluminada, que será exposta até 6 de janeiro, Dia de Reis, data de encerramento do ciclo de festejos natalinos. 

A decoração foi inaugurada com apresentação do coral do Instituto Passo de Anjo, que atende jovens em situação de vulnerabilidade e risco social da cidade de Abreu e Lima, Região Metropolitana do Recife. A cantata contou com a participação do saxofonista Maestro Spok, colaborador da iniciativa, como regente em algumas das canções.  O prefeito Geraldo Julio e sua família participaram da inauguração. 

“A essência da decoração é a ideia da solidariedade, da união das pessoas. Juntos, conseguimos dar voos mais altos”, disse a gerente-geral de arquitetura e engenharia da Fundação de Cultura da Cidade do Recife, Fabiana Ramalho, responsável pelo projeto ao lado da também arquiteta Cynthia Lebsa. É o terceiro ano consecutivo em que a ornamentação natalina é criada pela própria prefeitura e a primeira vez a ser instalada na Cais da Alfândega. Antes, os elementos decorativos ficavam na Avenida Rio Branco, atualmente em processo de reforma. O custo total da decoração deste ano foi de R$ 270 mil.

Entre os elementos que mais se destacam na ornamentação estão as estruturas iluminadas por cordões de lâmpadas coloridas, formando símbolos tradicionais da época, como sinos, bolas e velas. Os adornos foram instalados ao longo da calçada da via, às margens do Rio Capibaribe. “A cultura da cidade é muito voltada para a iluminação natalina”, disse Fabiana sobre a decisão de priorizar o uso de lâmpadas em detrimento de outros materiais na ornamentação.

As árvores da via foram decoradas com 70 refletores e 300 cordões de snow led, faixas de luz que simulam o efeito de neve caindo. Os 44 postes da avenida também receberam adornos temáticos. Apesar do grande número de lâmpadas, a arquiteta responsável pelo projeto enfatiza que o uso quase exclusivo de led e luz fria garantem uma decoração “econômica e ecologicamente correta”. O cuidado ambiental também está presente na árvore de natal de 14 metros de altura instalada nas proximidades da Ponte Giratória: toda a base da estrutura é feita com madeira de reflorestamento.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.