• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Hoje Gabinete Português de Leitura de Pernambuco comemora 167 anos Data é lembrada com festa para convidados, apresentação do grupo Rancho Folclórico do Clube Português do Recife, Fernando Tordo, do pianista Lúcio Azevedo e do tenor André Menezes

Publicado em: 06/11/2017 07:44 Atualizado em:

Um dos maiores símbolos da cultura lusa no Recife, o Gabinete Português de Leitura (GPL-PE) chega aos 167 anos. O espaço comemora a data nesta segunda, a partir das 19h30, com uma festa para convidados. Na ocasião, haverá apresentação do grupo Rancho Folclórico do Clube Português do Recife, que traz danças e músicas folclóricas de Portugal. Também haverá um momento musical com o cantor Fernando Tordo, um dos pioneiros da música de intervenção em Portugal e, mais tarde, da música ligeira. É, também, considerado um dos maiores renovadores do fado. Também participam da performance o pianista Lúcio Azevedo e o tenor André Menezes.
 
O evento conta ainda com a abertura da exposição “Diversidade Criativa”, com curadoria de Vera Sato. Além de algumas obras de Vera, a mostra traz trabalhos de Sandra Paro, José Maria Plaza Escrivá e Humberto Zirpoli. “Também inclui duas pinturas de grandes nomes das artes plásticas do Brasil, que já faleceram. Uma é do gaúcho Elezier Xavier, um dos maiores aquarelistas da história do país, e outro do pernambucano Luís Notari, que também teve grande destaque e trabalhou seis anos com Cândido Portinari”, conta Vera. No total, serão 20 obras expostas, de diferentes estilos, como aquarela, pinturas figurativas e abstratas, e até azulejo. “De Escrivá, teremos uma representação de Nossa Senhora de Fátima, em comemoração aos 100 anos da aparição da santa em Fátima, em Portugal”, detalha. A exposição fica aberta ao público em geral entre 7 de novembro e 6 de dezembro.
 
“Em todo o seu tempo de funcionamento, o Gabinete vem se mantendo relevante, cumprindo seu papel de propagar cultura e estreitar os laços entre a comunidade portuguesa”, afirma o presidente do GPL, Celso Stamford Gaspar. “E estamos nos adequando a essa nova era, esse novo momento. Estamos reformando a fachada do prédio, requalificando a calçada e reformulando a biblioteca, entre outras ações”, lista. O GPL-PE foi fundado em 1850, durante sessão solene no Teatro Apolo. Atualmente localizado na Rua Imperador Dom Pedro 2, bairro de Santo Antônio, possui um salão nobre onde são realizadas as solenidades oficiais do Gabinete, ficando o resto do ano aberto apenas para visitas.
 
No auditório e salão de exposições ocorrem seminários, conferências, reuniões, solenidades de outras instituições, lançamento de livros, exposições fotográficas e projeção de filmes portugueses. O acervo da biblioteca do Gabinete, com mais de 80 mil volumes, incluindo obras raras dos séculos XIX, XVIII e XVII, está permanentemente à disposição do público. O espaço dispõe, ainda, de uma sala de estudos aberta ao público com capacidade para cerca de 50 pessoas. Climatizada e com internet wifi liberada, conta ainda com as edições diárias de jornais de Pernambuco e Portugal


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.