• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Aparecida PRF reforça fiscalização das rodovias durante o feriadão

Publicado em: 11/10/2017 07:53 Atualizado em:

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realiza, de quarta-feira até o próximo domingo, a Operação 12 de Outubro. O objetivo é ampliar a segurança de motoristas e passageiros, melhorar a fluidez do trânsito e combater a criminalidade nas BRs que cortam o estado, com destaque para as 101 e 232, que devem ter maior aumento no fluxo de veículos.

A movimentação de veículos em direção ao litoral Norte e Sul deverá ser ampliada pela BR 101, além de ser esperado um aumento   no fluxo do interior pelas BRs 232, 104, 316 e 407. A utilização da cadeirinha será intensificada nas abordagens. Até um ano a criança deve utilizar o bebê-conforto de costas para o motorista; de um a quatro anos, a cadeirinha; e de quatro a sete anos e meio, o assento de elevação. Crianças de até 10 anos devem ser transportadas no banco traseiro, com o cinto de segurança. A inspeção também vai verificar validade da documentação, os equipamentos obrigatórios, estado de conservação do veículo e uso do cinto de segurança.

 

Para reduzir acidentes graves e proporcionar mais segurança, serão realizadas blitzes com foco no excesso de velocidade, nas ultrapassagens indevidas e no uso irregular de motocicletas. A fiscalização da embriaguez ao volante terá o apoio de equipes da operação Lei Seca, com a utilização de bafômetros em locais estratégicos das rodovias.


O Núcleo de Operações Especiais e os Grupos de Patrulhamento Tático estarão atuando durante o feriado. Já a Base de Operações Aéreas da PRF e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), estarão de prontidão para realizar resgates e acompanhar a operação.


Antes de iniciar a viagem,  o motorista deve verificar se o veículo está revisado e em condições de acessar a rodovia. Atenção, respeito às regras de conduta e aos limites de cada trecho são fatores indispensáveis para um trânsito seguro.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.