• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Mobilização Metroviários paralisam atividades nestas quinta e sexta-feira

Publicado em: 13/09/2017 08:06 Atualizado em: 13/09/2017 09:52

Assembleia foi realizada na Estação Central do Metrô do Recife. Foto: Facebook/Reprodução
Assembleia foi realizada na Estação Central do Metrô do Recife. Foto: Facebook/Reprodução

Os metroviários de Pernambuco irão paralisar as atividades por 48h durante os dias 14 e 15 de setembro. A decisão foi tomada em assembleia geral realizada no dia cinco de setembro na Estação Central do Recife. De acordo com o Sindicato dos Metroviários de Pernambuco (Sindmetro-PE), mais de 100 metroviários participaram da assembleia, conduzida pelo presidente do Sindmetro-PE, Getúlio Basílio.

Em estado de greve há cerca de três meses, a categoria cobra mais segurança e critica a falta de investimentos e a política de arrocho salarial. Os trabalhadores apontam para a situção de estresse e medo, com trens superlotados e sem vigilância. A questão de reajuste seguiu para dissídio no Tribunal Superior do Trabalho (TST).

Em nota, a categoria afirma que o metrô opera em colapso:  

Reunidos em Assembleia Geral na noite dessa terça-feira na Estação Central do Recife, os Metroviários e Metroviárias de Pernambuco decidiram por uma greve de 48 horas nos dias 14 e 15 de setembro. Diante do colapso em que opera o metrô do Recife, com falta de investimento, falta.de segurança, falta de pessoal, de peças e equipamentos, além de uma completa falta de política de valorização dos funcionários, os/as trabalhadores/as decidiram chamar a atenção da sociedade para o descaso e desmandos na CBTU. A Diretoria do Sindmetro/PE, sob a liderança do Presidente Getúlio Basílio, segue mobilizando as bases com foco no movimento.




Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.