• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Risco Defesa Civil defende demolição de prédio em Olinda Moradores se arriscam para retirar pertences

Publicado em: 11/08/2017 13:51 Atualizado em: 11/08/2017 17:16

Edifício foi interditado há 15 anos - Foto: Anamaria Melo/DP
Edifício foi interditado há 15 anos - Foto: Anamaria Melo/DP

Apesar do risco de desmoronamento total, moradores do prédio que desabou parcialmente na noite dessa quinta-feira em Olinda, no Grande Recife, arriscaram-se nos escombros para tentar retirar pertences, móveis e eletrodomésticos do local. A Defesa Civil da cidade defende a demolição emergencial da construção para evitar acidentes com vítimas.

O Edifício Agave, do tipo caixão e com três pavimentos, foi interditado há 15 anos. Mesmo assim, abrigava seis famílias que perceberam sinais de desabamento no sábado passado, quando teriam surgido rachaduras e foram ouvidos estalos. Com medo, as pessoas decidiram abandonar o prédio, que rachou no meio por volta das 21h30 dessa quinta.

Técnicos da Defesa Civil de Olinda estão analisando a estrutura para enviar o laudo ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e aos responsáveis pela edificação.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.