• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Campanha Centro Integrado registra aumento de denúncias de violência contra idosos Em junho e julho foram registrados 161 casos, entre abuso financeiro, negligência, maus tratos e abandono

Publicado em: 11/08/2017 13:20 Atualizado em: 11/08/2017 13:29

O Centro Integrado de Atenção e Prevenção à Violência Contra a Pessoa Idosa (CIAPPI) tem registrado um aumento no número de denúncias de violações de direitos humanos. O órgão percebe uma mudança desde a campanha de prevenção à violência contra a pessoa idosa realizada no mês de junho.

De janeiro e maio, o Centro contabilizou 115 novos casos, mas só nos meses junho e julho foram registrados 161 casos, entre abuso financeiro, negligência, maus tratos, abandono, entre outros. 

Para a cordenadora do CIAPPI, Sandra Jucá, explica o crescimento do número de denúncias. "A campanha estimula a sociedade a romper a barreira do silêncio, levando-os a promover a denúncia e, com isso, possibilitar o enfrentamento a violência e a promoção de direitos".

O CIAPPI, programa em atividade na Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), através da Executiva de Direitos Humanos (SEDH), atua na apuração das denúncias, encaminhamento dos casos para os órgãos competentes, além do acompanhamento da resolução. A equipe multidisciplinar, formada por advogados, assistentes sociais, psicólogos e apoios administrativos tem dado continuidade as visitas de apuração dos casos em diversas cidades da Região Metropolitana do Recife e do Interior do Estado. Os casos de violações confirmados foram notificados à Delegacia do Idoso, ao Ministério Público dos municípios e, ainda, encaminhados às demais instituições que integram a rede de proteção da pessoa idosa.

No primeiro semestre o CIAPPI realizou fiscalizações em parceria com o Procon Pernambuco, Corpo de Bombeiro de Pernambuco, Ministério Público (MP), Vigilância Sanitária, resultando na interdição de 2 (duas) ILPI's e encerramento total da atividades de 1 (uma) ILPI,  na Região Metropolitana do Recife.  O Centro também tem feito o encaminhamento dos casos de irregularidades e/ou violações de direitos contra a pessoa idosa para o MP.

O Centro também realizou ações formativas através de palestras, oficinas e rodas de diálogo para debater sobre o empoderamento e os direitos da pessoa idosa, envelhecimento digno e ativo. O CIAPPI também promoveu ações de promoção de direitos voltadas para população idosa, com prestação de serviços gratuitos como corte de cabelo, aferição de pressão, avaliação nutricional, emissão de documentação civil e carteira do idoso, entretenimento, entre outros.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.