• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Violência Adolescente é morto a tiros na frente de escola em Cupira Duas adolescentes e três mulheres, uma delas grávida, também foram baleadas

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 11/08/2017 08:46 Atualizado em:

Um adolescente de 14 anos foi morto a tiros e cinco pessoas foram baleadas em frente à Escola Municipal Pedro Alves de  Souza em Cupira, no Agreste de Pernambuco. O crime aconteceu na tarde desta quinta-feira.

 

As feridas, duas adolescentes e três mulheres, uma delas grávida, foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Regional do Agreste (HRA) e para um hospital particular em Caruaru. O estado de saúde delas não foi divulgado. O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru.

 

A PM ainda não sabe informar a motivação do crime. A escola foi fechada e não terá aulas nesta sexta-feira, quando aconteceria a festa de Dia dos Pais.

Outro caso - No início da tarde de ontem, Um estudante de 21 anos foi assassinado durante um assalto na cidade de Goiana, a 62 km da capital. A vítima foi baleada dentro de seu Jeep Renegade após ser abordada por dois bandidos, na tarde de ontem. Edvaldo José Valença da Silveira Neto sofreu a investida quando parou em um semáforo na Avenida Marechal Deodoro da Fonseca, Centro da cidade. Um dos bandidos foi preso e o outro era procurado pela polícia até a noite de ontem.

Edvaldo morava no Recife, onde estudava em um colégio no bairro de Casa Forte, Zona Norte da cidade, mas havia se mudado para Goiana há pouco tempo. De acordo com informações apuradas pela polícia, o estudante teria tentado reagir, acelerando o carro, quando terminou sendo baleado na cabeça. Ele perdeu o controle do veículo e bateu em um poste de iluminação pública. O corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal, no Recife. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios de Goiana.

Em nota divulgada no fim da tarde, as polícias Civil e Militar de Pernambuco informam que localizaram e prenderam Thiago Gomes da Silva, 25 anos. Ele foi capturado pelos delegados Herbert Wilians, titular da delegacia de Itambé, e Romel Ricardo, lotado em Goiana, além de policiais militares da 3ª Companhia Independente da PM. “O homem confessou que atirou em Edvaldo. Thiago foi autuado por latrocínio, roubo seguido de morte”, informa o comunicado. A pena, caso comprovada a culpa, varia entre 20 e 30 anos de prisão. Equipes de ambas corporações continuavam em diligência à procura do outro suspeito que participou da ação, até o fechamento desta edição.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.