• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Câmara Reunião pública discute transporte complementar no Pina

Publicado em: 10/08/2017 08:45 Atualizado em: 10/08/2017 08:51

A Câmara Municipal do Recife realiza na noite desta quinta-feira uma reunião pública para tratar sobre o transporte público complementar de circulação no bairro do Pina, zona sul da cidade. O encontro está marcado para as 19h no clube Banhistas do Pina, com a participação dos moradores e autoridades, representantes dos órgãos de trânsito e transporte.

O objetivo dos moradores da localidade, é trazer uma linha alimentadora de ônibus, gratuita, para que possa circular nas vias internas das comunidades do Pina (Bode, Areinha e Beira Rio), facilitando o embarque dos moradores que desejam ir ao Centro, Derby, estação de metrô Joana Bezerra e Boa Viagem.

Foram convidados para o evento, o prefeito do Recife, Geraldo Júlio, além de representantes da Companhia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU), Grande Recife Consórcio de Transporte, Secretaria Estadual das Cidades, Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano do Recife, Secretaria de Segurança Urbana do Recife, comando da Polícia Militar, e o secretário de turismo de Pernambuco, Felipe Carreras.

"Atualmente, quem mora nessas localidades precisa andar bastante até chegar numa parada de ônibus mais próxima de casa. Esses pontos ficam nas avenidas Conselheiro Aguiar, Domingos Ferreira, Herculano Bandeira e Antônio de Góes. Então, a ideia é que as pessoas embarquem gratuitamente praticamente na porta de casa e desembarquem nessas avenidas. Assim poderão seguir seus destinos sem muitos transtornos", detalha o vereador Ricardo Cruz, que solicitou a reunião.

Na ocasião, serão exibidos pequenos documentários sobre pessoas com dificuldade de embarcar nos transportes públicos convencionais. Uma das histórias é da cadeirante Yslla. Junto com sua mãe, ela enfrenta uma série de problemas para ir à parada de ônibus mais próxima de casa, que fica a mais de um quilômetro, na avenida Conselheiro Aguiar, para em seguida ir à escola. Um abaixo-assinado recolheu mais de seis mil assinaturas pedindo uma linha alimentadora de ônibus no bairro.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.