• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Contribuição Paulista busca liberação de 20 mi de compensação previdenciária do INSS Os recursos retidos no INSS correspondem a processos de servidores públicos que passaram para o quadro de inativos desde 2012.

Publicado em: 09/08/2017 16:56 Atualizado em:

O secretário de Administração e presidente do Instituto de Previdência do Paulista, Alessandro Corrêa saiu com boas perspectivas da reunião que teve nessa terça-feira com o superintendente regional do INSS no Nordeste, Marcos de Brito, no Recife.
 
O gestor municipal ficou satisfeito em saber que o órgão federal está empenhado em revisar os procedimentos na regional, promovendo, inclusive uma capacitação de servidores tanto do próprio INSS quanto dos servidores dos institutos previdenciários, visando dar celeridade a tramitação dos processos que já se encontram na base do INSS para análise.  
 
De acordo com o município, 900 servidores tiveram os processos de aposentadoria homologados pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE/PE). Esse contingente fez, em algum momento da vida profissional, contribuições ao INSS. Através da compensação previdenciária parte desses valores retornam ao Instituto de Previdência da cidade uma vez que o órgão federal não ficou responsável pelo pagamento dessas aposentadorias. 
 
Durante a reunião, Alessandro Corrêa aproveitou a oportunidade para sensibilizar o superintendente regional do INSS. Ele explicou que o Poder Executivo está aportando recursos mensalmente para fechar a folha de pagamento dos aposentados e pensionistas.

"Infelizmente o nosso regime de previdência possui um déficit financeiro. Graças ao aporte de 1,5 milhão estamos conseguindo pagar os servidores inativos. Com a liberação dessa compensação, passaríamos um ano sem ter de receber esses recursos, o que permitiria a prefeitura investir em setores estratégicos, como saúde, educação e obras", argumentou.
 
Ainda participaram do encontro com o superintendente do INSS, a secretária-executiva de Administração, Angélica Nunes, e a assessora especial da Secretaria de Administração, Elizandra Paiva. A reunião foi realizada no prédio da Superintendência do INSS no Recife e contou, também, com a presença de representantes da RECIPREV.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.