• Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google Plus Enviar por whatsapp Enviar por e-mail Mais
Prêmio Estudante do Cabo de Santo Agostinho vence concurso nacional de redação Jovem de 14 anos conquistou o segundo lugar na categoria cartas. No ano passado, irmã gêmea dela venceu a mesma competição

Publicado em: 17/07/2017 15:41 Atualizado em: 17/07/2017 16:49

A estudante Alícia Melissa dos Santos, 14 anos, repetiu o feito da irmã gêmea. Conquistou uma premiação no concurso nacional de redação promovido pelo Instituto Jogue Limpo, com sede no Rio de Janeiro. Ela e a irmã Alana Isabela dos Santos estudam na Escola Municipal Professor Antônio Benedito da Rocha, em Garapu, no Cabo de Santo Agostinho, desde o 5° ano. Agora, estão no último ano do ensino fundamental. No ano passado, Alana ficou com o primeiro lugar na mesma competição.

O concurso de redação é realizado nas categorias dissertativa e carta, com classificação de 1º e 2º lugares nas duas categorias. Alícia ficou com o segundo lugar em cartas, com o tema Ser Sustentável, o Caminho para Sustentabilidade. Participaram também alunos do Recife e de Jaboatão dos Guararapes. “Preparei uma carta para o diretor da escola falando sobre sustentabilidade. Expliquei como os alunos e a direção podem fazer para tornar o ambiente da escola mais sustentável. Um exemplo é desligar os aparelhos elétricos ao sair do ambiente. Também escrevi que a escola deveria ter uma feira de conhecimentos e lixeiras para material reciclável.”

Alícia contou que costuma tirar notas boas, mas principalmente em matemática. Português e redação, na realidade, não são seus fortes. “O segredo para fazer um bom texto é ler muito sobre o assunto”, diz. A estudante ganhou um mini-tablet. O equipamento, conta, tem ajudado nas pesquisas solicitadas pela equipe da escola.
A estudante ganhou apoio da professora de português Mariana Santana e do professor de matemática Gilson Amaro para participar do concurso. Este ano, participaram da premiação 40 escolas de todo o país, num total de 4.600 alunos.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.